Cândido Sales: PM prende suspeita do assassinato do funcionário da prefeitura municipal


A Polícia Militar prendeu a suspeita de ter assassinado o funcionário da PMCS Gildalvo, crime bárbaro que chocou a opinião pública de Cândido Sales.

A Polícia Militar desde as 05:40, da manhã deste sábado, logo após o crime ser cometido, passou a diligenciar no afã de localizar e prender Jordânia Dias dos Santos acusada de ter desferido um golpe de marreta na cabeça da vítima que chegou a ser socorrida pela equipe do SAMU 192, mas morreu no Hospital Luiz Eduardo Magalhães enquanto recebia atendimento.No mesmo dia à tarde por volta das 18:00, após uma denúncia anônima, a mesma foi localizada e presa em uma casa no bairro Célio Alves.

Em breve mais informações sobre o caso.

Nenhum comentário

Os comentários aqui postados são de inteira responsabilidade do internauta.