Governistas vão evitar extinção da Conder, mas mudanças no Planserv devem ser mantidas


Governistas vão evitar extinção da Conder, mas mudanças no Planserv devem ser mantidas
Foto: João Brandão/ Bahia Notícias

Os deputados governistas acreditam que vão conseguir evitar a proposta enviada pelo governador reeleito Rui Costa (PT) de extinguir a Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder), mas o projeto que altera o Planserv (plano de saúde que atende a mais de 500 mil servidores públicos da Bahia) deve ser mantido na integra.

Pelo projeto inicial, a contribuição do governo ao Planserv, que atualmente é de 4%, passaria para 2%. Os governistas sugeriram reduzir de maneira gradativa. Em 2019, passaria para 3% e, no ano seguinte, para 2%, mas a proposta não deve vingar.

Ao Bahia Notícias, a deputada estadual Fabíola Mansur (PSB) confirmou as sugestões. “A gente é solidária aos servidores, que não têm reajuste e têm aumento da alíquota, mas a gente é solidária a situação do Estado. A gente fica entre a cruz e a espada”, disse. 

Os governistas também queriam escalonar o aumento da contribuição do servidor público para a Previdência estadual, mas a indicação de ampliar o valor de 12% para 14% também não deve ser acatada.  

 por João Brandão / Rodrigo Daniel Silva

Nenhum comentário

Os comentários aqui postados são de inteira responsabilidade do internauta.