Saúde assina acordo para redução de 144 mil toneladas de açúcar de alimentos processados Foto: Agência Brasil


Saúde assina acordo para redução de 144 mil toneladas de açúcar de alimentos processados

O Ministério da Saúde assinará um acordo nesta segunda-feira (26), com a indústria alimentícia nacional, para redução da quantidade de açúcar presente em alimentos processados. Estão incluídos nessa classificação produtos como iogurtes, achocolatados, sucos artificiais, refrigerantes e biscoitos.

Segundo a colunista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo, será determinado um prazo de cinco anos para reduzir 144 mil toneladas de açúcar dos alimentos. O acordo está em desenvolvimento desde abril deste ano, quando o ministro da Saúde, Gilberto Occhi, assumiu a pasta.

O modelo é similar ao firmado com a Associação Brasileira da Indústria de Alimentos (Abia) para diminuir o teor de sódio dos produtos  (veja aqui). Neste caso, está prevista redução de cerca de 28,5 mil toneladas até 2020.