Caetano grava música em homenagem a Moa do Kantendê; veja vídeo

Destaque em Cultura: Caetano grava música em homenagem a Moa do Kantendê; ouça
Foto: Reprodução / Youtube

Caetano Veloso gravou uma música para prestar homenagem a Mestre Moa do Katendê (64), artista baiano assassinado com 12 facadas, em um bar de Salvador, durante uma discussão sobre política, em 7 de setembro, dia do primeiro turno das eleições. Composta por Sandra Simões, Gabriel Povoas e Alfredo Moura, a canção narra de forma poética a morte do mestre de capoeira, fundador do Afoxé Badauê. “Mestre Moa foi ferido / Pelas costas, covardia / Logo ele não queria / A beleza da Bahia / Mestre Moa, badauê / Derradera capoeira / De um artista, de um erê / Triste faca traiçoeira / Mestre Moa tomba morto / Tombam nossos corações / Nossa história sangra junto / Somos mil, somos milhões / Mestre Moa, imolado / Pelas mãos do opressor / Nos discursos entoados / De tortura, de terror / Mestre Moa, redenção / Nõs seremos sua voz / Suas pernas, suas mãos / Venceremos seu algoz”, diz a letra, em referência ao fato do assassino, Paulo Sérgio de Santana - eleitor de Jair Bolsonaro (PSL) -, ter indo em casa para buscar uma faca, retornado ao bar e desferido 12 facadas pelas costas do capoeirista, que havia declarado voto em Fernando Haddad (PT).



No vídeo, lançado nas redes sociais nesta quinta-feira (17), Caetano aparece cantando, seguido de imagens de Mestre Moa e de homenagens prestadas após a morte do artista.


Conheça a música "Mestre Moa":