Bahia: Professor universitário aposentado diz ser vítima de agressão política



O professor de história aposentado da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), Alberto Heráclito Ferreira, relatou nas redes sociais ter sido vítima de crime político. Ele diz ter sido agredido por quatro homens ainda não identificados no Largo dos Paranhos, em Salvador, neste domingo (21).

“Hoje quando regressava da missa do Rosário dos Pretos, fui pego por quatro jovens brancos corpulento no viaduto do Largo dos Paranhos. Um deles começou a me dar murro na barriga me chamando de viadinho comunista de merda. Um mototaxista de passagem intercedeu ao meu favor. Eles correram [sic]”, escreveu, no Facebook.

Ainda na rede social, Alberto disse ter registrado queixa na 6ª DP, no bairro de Brotas. “Não tenho medo de fascista”, postou. Segundo o site Bocão News, Heráclito precisou passar por cuidados médicos em um hospital e tem suspeita de enfisema pulmonar. A reportagem ainda não conseguiu entrar em contato com a vítima.

Alberto é irmão de Ayrson Heráclito, artista visual baiano e também professor da Universidade Federal do Recôncavo Baiano (UFRB).