Pelo menos 176 mil empresas podem ser excluídas do Simples Nacional por inadimplência


Pelo menos 176 mil empresas podem ser excluídas do Simples Nacional por inadimplência
Foto: Reprodução / EBC

A Receita Federal notificou 716.948 microempresas e empresas de pequeno porte que podem ser excluídas do Regime Especial Unificado de Arrecadação Tributos e Contribuições (Simples Nacional) por motivo de inadimplência. A soma das dívidas chega a R$ 19,5 bilhões. A informação foi divulgada pela Receita nesta segunda-feira (17).

O Simples Nacional, em vigor desde 2007, permite que empresas com receita bruta anual de até R$ 4,8 milhões possam recolher um total de oito tributos municipais, estaduais e federais em uma única guia. O objetivo do Simples Nacional é desburocratizar o pagamento de impostos e incentivar os micro e pequenos empresários do país.

Entre os dias 10 e 12 de setembro foram disponibilizados pela Receita, no Domicílio Tributário Eletrônico do Simples Nacional (DTE-SN), os Atos Declaratórios Executivos (ADE), que notificaram os optantes pelo Simples Nacional de seus débitos previdenciários e não previdenciários com a Secretaria da Receita Federal e com a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN).