Nascimento de bezerros gêmeos chama à atenção em duas fazendas do Oeste


Nascimento de bezerros gêmeos chama à atenção em duas fazendas do Oeste
Foto: Reprodução / TV Oeste

O nascimento de bezerros gêmeos chamou a atenção de produtores do oeste baiano. Os casos foram registrados em Baianópolis e Catolândia. Na média, nascimentos de gêmeos bovinos representam menos de 1%. Segundo a TV Oeste, o primeiro parto de bezerros gêmeos ocorreu em uma propriedade de Baianópolis. O pecuarista Weuber Febrônio, dono da fazenda onde ocorreu o parto, considerou o caso como "dádiva".

"Um é bom, imagine dois", disse. Poucos dias depois do caso em Baianópolis, outro fenômeno semelhante ocorreu no povoado de Barra de São Marcos, em Catolândia, com o nascimento de dois bezerros idênticos. No local foi preciso a ajuda de outra vaca para ajudar na amamentação dos gêmeos. Ouvido pela reportagem, o veterinário Danilo Gusmão, coordenador do curso de medicina veterinária da Uneb em Barreiras, disse que bezerros que nascem assim nem sempre são saudáveis.

Segundo o veterinário, geralmente o peso médio deles é menor que a média. Os bezerros idênticos também não costumam ingerir o primeiro leite, rico em anticorpos, e que reforça a imunidade do animal. Gusmão também informou que na idade adulta os partos desses bovinos podem ser difíceis, o que exige a contratação de um veterinário, situação que faz aumentar os custos da fazenda.