Conquista: Funcionário de alto escalão da prefeitura também é afastado pela PF


Conquista: Funcionário de alto escalão da prefeitura também é afastado pela PF
Foto: Reprodução / Blog do Rodrigo Ferraz

Como parte da Operação Condotieri, da Polícia Federal (PF) em Vitória da Conquista, (ver aqui) no sudoeste, foi afastado das funções o titular da coordenação do Núcleo de Tecnologia da Informação (NTI), Antônio Lauro Gomes de Oliveira. Segundo o Sudoeste Digital, Lauro, como é conhecido, atuou na eleição de 2016 na campanha do então candidato a vereador Rodrigo Moreira (PP), principal alvo da Operação e também afastado da Câmara como informou o Bahia Notícias.

Antônio Lauro foi nomeado em 16 de fevereiro do ano passado para o cargo na prefeitura. O titular da NTI é lotado no gabinete do prefeito. A Operação Condotieri foi iniciada em 2017 pela Delegacia de Polícia Federal em Vitória da Conquista sobre o crime de corrupção eleitoral e falsidade durante a eleição de 2016. Segundo apuração do BN, o vereador acusado então candidato em 2016 teria oferecido emprego a eleitores no novo presídio de Vitória da Conquista, que estava prestes a ser inaugurado, em troca de apoio na campanha e de votos. A ação foi deflagrada na manhã da quinta-feira (30).