Teixeira de Freitas: Homem é solto após ser preso por adulterar e vender oxigênio para hospitais


Teixeira: Homem é solto após ser preso por adulterar e vender oxigênio para hospitais
Foto: Reprodução / Teixeira de Freitas

O homem preso em Teixeira de Freitas, no extremo sul baiano, por suspeita de vender através de uma empresa oxigênio industrial adulterado para unidades de saúde do extremo sul baiano , foi liberado na tarde desta quarta-feira (29). Diogo Lemos Dias dos Santos foi detido na terça-feira (28) em uma operação comandada pelo Ministério Público.

A empresa investigada é a Assis & Rodrigues, e o suspeito informou que o pai, Izaias da Silva, dono da companhia está em viagem fora do Brasil. O homem segue procurado. Conforme a polícia, no esquema, os cilindros de oxigênio industrial, que são pretos, eram pintados de verde, cor do material hospitalar, para enganar os clientes. Os dos recipientes também eram trocados.

Ainda conforme a operação, o material foi repassado para mais de dois hospitais na região, entre eles, o Hospital Municipal e a Unidade Municipal Materno Infantil, de Teixeira de Freitas.