Eleições 2018: Rui Costa diz ter apoio de 90 prefeitos da oposição


Eleições 2018: Rui Costa diz ter apoio de 90 prefeitos da oposição
Foto: Reprodução

Durante assinatura de ordem de serviço para contenção de encostas no Alto do Peru, em Salvador, evento este realizado na segunda-feira (23), o governador Rui Costa (PT) declarou à imprensa que aproximadamente 50 prefeitos já haviam declarado apoio a ela para reeleição ao governo do estado e o número aumentou para 90, após a mudança na chapa do DEM. “Já tinha um fluxo antes mesmo do anúncio, eu diria, se fosse chutar um número aqui, a oposição tinha uns 120 prefeitos ligados à oposição, desde a eleição de 2016, passando pela eleição da UPB”, disse o governador. Ao petista citou ainda que processará o deputado federal João Gualberto (PSDB), o qual deu declarações afirmando que prefeitos têm supostamente recebido ligações de aliados governistas com a proposta de R$8 milhões em obras em troca de apoio. “Eu vou processá-lo. Mentir e caluniar é crime. Se eu tivesse R$8 milhões, estaria com as finanças boas. Nem se fosse um valor menor, eu teria condições de oferecer. Os que vieram antes confiavam no nosso jeito de governar. E os que vieram agora foram guiados por suas lideranças”, asseverou Rui.  Quando a composição da chapa, o governador disse que pode fazer o anúncio dos nomes que irão compor a chapa majoritária apenas em julho, quando ocorrem as convenções partidárias. Porém, nos bastidores da política, aliados da senadora Lídice da Mata (PSB) iniciaram uma verdadeira campanha nas redes sociais criticando a escolha do presidente da Assembleia, Ângelo Coronel (PSD), na composição em detrimento da socialista. “Nada que um chá de ‘maracugina’ não possa resolver. A política é para quem tem nervos de aço e, em geral, o apressado come cru”, disse Rui Costa.