Conquista: Chefe de cartório, filha, corretora e prima da filha foram presos pela polícia, R$70 mil em dinheiro foram apreendidos na casa do acusado; ouça a entrevista

Na manhã dessa terça-feira, 3 de abril, uma atuação conjunta do Ministério Público Federal (MPF) em Vitória da Conquista e da Polícia Federal desarticulou uma organização criminosa formada por integrantes do cartório 1º Ofício de Registro de Imóveis e Hipotecas do município. Foram cumpridos mandados de prisão preventiva do oficial titular do cartório,  além de busca e apreensão na residência dos investigados e no Cartório em Vitória da Conquista. Foram presos o chefe do cartório, a filha, a prima da filha e uma corretora de imóveis da cidade. De acordo com as investigações, iniciadas em 2016, a organização criminosa é suspeita dos crimes de corrupção, desobediência, prevaricação, uso de documento falso. “Dentre outras ilegalidades, no Cartório era frequente o pagamento de valores indevidos em troca de agilidade na prestação de serviços que deveriam ser executados de ofício. Além disso, o titular do ofício descumpriu decisões em processos na Justiça Federal e na Justiça do Trabalho”, informou o delegado chefe da Polícia Federal de Conquista, Jorge Vinícius Gobira Nunes.