Orações atendidas: Evo Morales suspende criminalização das igrejas na Bolivia




Após protestos, Evo Morales suspende o novo código penal

O presidente da Bolívia, Evo Morales, decidiu suspender a implantação do novo código penal. Alvo de diversos protestos, o código criminalizava a evangelização. O anúncio foi feito neste domingo (21).

As lideranças cristãs fizeram pressão para que as leis não entrassem em vigor. Outros grupos, como os jornalistas, também se manifestaram contra já que o código feria a liberdade de expressão.

Apesar da medida, Morales deve elaborar outro documento para tentar ganhar o apoio dos movimentos sociais.