UPB: 60% das Prefeituras da Bahia poderão não pagar o 13º



O presidente da UPB – União dos Municípios da Bahia , Eures Ribeiro (PSD), revelou ao BN que 60% das prefeituras baianas vão ficar sem pagar o 13° salário para os servidores municipais.

Esta realidade poderá ser revertida se o presidente Michel Temer (MDB), liberar os R$ 200 milhões para os municípios brasileiros de acordo notícias da grande imprensa nacional. “Nós estamos esperando a ajuda de Temer. Se ela sair até o dia 31 vai ajudar”, disse o presidente da UPB.

Para a Bahia, são esperados cerca de R$ 200 milhões que serão divididos entre os municípios, de acordo com a população. “Esse aporte não é muita coisa, mas ameniza o sofrimento dos municípios. Vai ajudar a pagar muitas contas”, avaliou.

FPM/ICMS

Outra dificuldade dos prefeitos fica por conta da liberação do repasse de recursos oriundos do FPM e ICMS – que serão liberados só no dia 29/12, sexta-feira, sem expediente bancário. Os bancos só retornarão as atividades na próxima terça-feira, 2 de janeiro. Mesmo com os recursos na conta as prefeituras não poderão utilizar para pagar servidores e fornecedores.


Com informações do BN