Céu recebe chuva de meteoros na madrugada de quinta; fenômeno pode ser visto a olho nu


Céu recebe chuva de meteoros na madrugada de quinta; fenômeno pode ser visto a olho nu
Foto: Marcelo Zurita
A madrugada desta quinta-feira (14) será marcada por uma chuva de meteoros Geminídeos no céu. Esta é a última grande chuva de meteoros do ano. O momento de maior visibilidade será por volta das 2h de quinta, com cerca de 120 meteoros por hora. Quem estiver no Norte e Nordeste terá visibilidade mais privilegiada do que quem estiver no Sudeste e no Sul. O fenômeno poderá ser visto a olho nu, desde que o espectador esteja em um lugar escuro, longe da luminosidade das grandes cidades. É importante que o céu esteja limpo de nuvens. De acordo com o Uol, são necessários pelo menos 15 minutos para que os seus olhos se acostumem com a escuridão. Esta é uma das únicas chuvas de meteoros que não surge de um cometa. A da madrugada desta quinta tem origem no asteroide '3200 Phaethon' (Fáeton, filho de Hélios, o deus Sol na mitologia grega). Assim como os cometas, esse asteróide se desintegra toda vez que se aproxima do Sol. Quando a Terra passa pelo caminho que ele percorreu, os rastros de seus destroços entram em combustão ao atravessar a atmosfera terrestre, o que forma as chuvas de meteoros - ou estrelas cadentes. Os meteoros geminídeos são do tamanho de um grão de feijão, alcançam até 120 km/h de velocidade na atomosfera terrestre e não representa nenhum risco para o planeta.