Comissão da Câmara aprova 'distritão' e fundo de R$ 3,6 bilhões para campanhas

Resultado de imagem para Congresso
Medidas foram aprovadas após votação do texto-base da reforma política. Para vigorar em 2018, terão de passar até outubro por votações em dois turnos nos plenários da Câmara e Senado.


Foto: Reprodução

Por Fernanda Calgaro, G1, Brasília
Comissão da Reforma Política aprova fundo de R$ 3,6 bilhões e 'distritão'


Após aprovar o texto-base da reforma política, a comissão da Câmara que discute mudanças no sistema eleitoral aprovou na madrugada desta quinta-feira (10), por 17 votos a 15, uma emenda que estabelece o chamado "distritão" nas eleições de 2018 e de 2020 para a escolha de deputados federais, deputados estaduais e vereadores.
A comissão também aprovou dobrar o valor previsto de recursos públicos que serão usados para financiar campanhas eleitorais. Segundo o texto, seria instituído o Fundo Especial de Financiamento da Democracia, que em 2018 levaria R$ 3,6 bilhões do Orçamento da União.

>> Saiba mais na reportagem do G1, ponto a ponto o que prevê a reforma política LEIA AQUI