sábado, 8 de julho de 2017

Polícia Federal faz operação no Tribunal de Justiça da Bahia
Resultado de imagem para Operação Vortigern: Polícia Federal faz operação no TJ-BA
Objetivo é investigar vazamento de informações sob sigilo; assessoria do TJ confirma que policiais deixaram sede no CAB às 9h


O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) é alvo de uma operação da Polícia Federal, na manhã desta sexta-feira (7). A ação Vortigern tem como objetivo investigar vazamento de informações sob sigilo no TJ. Estão sendo cumpridos três mandados de busca e apreensão e quatro conduções coercitivas.


A operação acontece por determinação do ministro Og Fernandes, do Superior Tribunal de Justiça. De acordo com a Polícia Federal, todas as medidas acontecem na Região Metropolitana de Salvador. O CORREIO entrou em contato com a assessoria do TJ-BA e aguarda um posicionamento sobre o caso. Procurado por volta das 16h40, o TJ-BA informou que não se pronunciará sobre a operação, que corre em sigilo.

Até o momento, a assessoria de comunicação do TJ-BA informou apenas que os agentes da Polícia Federal chegaram à sede do Tribunal, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), por volta das 7h30 em carros não oficiais. Os agentes teriam saído por volta das 9h. O CORREIO também procurou a Associação dos Magistrados da Bahia (Amab), que também decidiu não se posicionar.

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) informou, por meio de sua assessoria, que a investigação tramita em segredo de justiça, e que as informações seriam divulgadas apenas pela Polícia Federal.

O nome da operação é uma referência a Vortigern e Rowena, um texto dramatúrgico apócrifo falsamente atribuído a William Shakespeare.

Fonte: Redação (redacao@correio24horas.com.br)

Encruzilhada: bandidos encapuzados assaltam agência dos Correios e deixam dinheiro durante a fuga Nessa terça (21), quatro bandidos arm...