Vitória da Conquista: Indignado, Promotor repudia soltura do ‘Pastor’ Edimar e teme por fuga do acusado

Causou indignação em toda a sociedade a soltura do ‘Pastor Edimar’, acusado de ser o mandante do crime que matou a Pastora Marcilene Oliveira Sampaio, 38, e a prima dela, Ana Cristina Santos, 36, no ano passado.Em entrevista concedida a imprensa, na manhã de hoje (quarta-feira) o promotor José Junseira se mostrou indignado com a liberação do ‘Pastor’, via Tribunal de Justiça da Bahia, e disse que teme pela fuga do acusado, que deverá ir a Júri, mas sem data definida ainda.  Blog do Rodrigo Ferraz  

Ouça a entrevista: