segunda-feira, 1 de maio de 2017

Reforma trabalhista desestimula contratação de funcionários, aponta pesquisa

Foto: Reprodução / Sindicato da Indústria
Reforma trabalhista desestimula contratação de funcionários, aponta pesquisaA reforma trabalhista incentiva pouco a contratação de novos funcionários. É essa conclusão a que chegaram 45,5% dos ouvidos por um levantamento da Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp). A coleta foi feita com 495 indústrias do estado. Para outros 27,5%, a reforma não incentiva em nada a geração de emprego. Apenas 22,2% consideram que a reforma incentiva novos postos de trabalho. De acordo com a Veja, a maioria das empresas entrevistadas concorda, pelo menos em partes, com as mudanças propostas pela reforma. Entre elas estão a valorização das negociações e acordos coletivos e com a possibilidade de parcelamento das férias em três vezes, regulamentação da jornada de 12x36, intervalo para almoço de 30 minutos e trabalho home office.

Cândido Sales: Em breve a Escola da Musica retornará com as atividades, aguardem... Nota de esclarecimento Esclarecimento! A prefeit...