domingo, 7 de maio de 2017

Presos provisórios custam cerca de R$ 6,4 bilhões por ano aos cofres públicos

Foto: Ministério Público RS
Presos provisórios custam cerca de R$ 6,4 bilhões por ano aos cofres públicosOs 221 mil presos provisórios no Brasil custam quase R$ 6,4 bilhões por ano aos cofres públicos. De acordo com levantamento feito pela Folha de S. Paulo, esse grupo representa 34% da massa carcerária brasileira. Cada preso custa em média R$ 2,4 mil por mês, valor superior ao piso salarial nacional dos professores (R$ 2.298,80). Segundo o Ministério da Justiça o custo de manutenção mensal de uma tornozeleira eletrônica é de R$ 300. Rogério Nascimento, conselheiro do CNJ, o alto número de presos provisórios se deve aos encarceramentos desnecessários e à longa duração dos processos judiciais. "Nem todas essas prisões são desnecessárias, mas boa parte delas provavelmente é", disse em entrevista à Folha de S. Paulo.

59,3 milhões de brasileiros estão com o nome negativado, mostra estimativa do SPC Brasil e CNDL da Redação Região Sudeste concentra o ma...