MPF pede condenação de Cabral por corrupção e 114 atos de lavagem de dinheiro

Foto: Reprodução / MPF
MPF pede condenação de Cabral por corrupção e 114 atos de lavagem de dinheiroO Ministério Público Federal do Paraná apresentou na noite desta segunda (22) as conclusões dos procuradores sobre processo da Lava Jato que tem como alvo o ex-governador do Rio Sérgio Cabral (PMDB-RJ). O MPF requereu a condenação de Cabral pelos crimes de corrupção passiva e por 114 atos de lavagem de dinheiro. Segundo informações do portal G1, os procuradores acusam o peemedebista de receber propina da Andrade Gutierrez em troca de contratos de obras do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj). Os procuradores afirmam que o ex-governador solicitou a propina, em conjunto com o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa, pediu propina aos empreiteiros e indicou pessoas de confiança para receber os valores. O MPF também recomendou a condenação da ex-primeira dama Adriana Ancelmo e outras três pessoas. As defesas precisam apresentar as alegações finais até o dia 5 de junho para apresentar as alegações finais. Após essa data, o juiz Sérgio Moro já pode emitir sua decisão. Preso desde 17 de novembro do ano passado, Cabral se tornou réu na Justiça Federal do Paraná no dia 16 de dezembro.