quinta-feira, 4 de maio de 2017

Luto: Conquistense é morto a tiros no Rio de Janeiro, após tentar impedir um assalto

Danilo Gonçalves dos Santos, de 35 anos, natural da cidade de Vitória da Conquista, tentou impedir um assalto no local e foi baleado por criminosos.

Um guarda municipal foi morto a tiros, na manhã desta quinta-feira, em frente à Quinta da Boa Vista, em São Cristóvão, na Zona Norte do Rio. De acordo com informações do 4º BPM (São Cristóvão), Danilo Gonçalves dos Santos, de 35 anos, natural da cidade de Vitória da Conquista, tentou impedir um assalto no local e foi baleado por criminosos. O guarda passava à paisana quando viu dois homens tentando assaltar uma pessoa numa moto na Avenida Rotary Internacional e correu para ajudar. Houve troca de tiros. Danilo acabou sem munição no revólver calibre 38 e correu. Os bandidos, então, o atingiram nas costas com um tiro. Segundo relatos de testemunhas, após o agente cair, os bandidos caminharam lentamente até ele e o executaram três tiros à queima roupa.



 No confronto, árvores foram atingidas e a janela da sala de informática da Escola Madre Nazarena Majone foi perfurada por um disparo. Segundo uma funcionária da unidade, não havia crianças na sala no momento dos tiros. O confronto aconteceu no momento da chegada dos estudantes, por volta de 7h, que causou temor entre funcionários e alunos. A escola, que fica na Rua Euclides da Cunha 191, tem alunos de 2 a 10 anos do maternal ao 5o ano. Ela dá fundos para a Quinta da Boa Vista.
Dezenas de pessoas que passavam pela Quinta da Boa Vista correram ao ouvir o som dos disparos. Danilo era lotado no canil da Guarda municipal. Agentes da Divisão de Homicídios (DH) foram acionados para fazer uma perícia no local onde o guarda morreu.

Em nota, a Guarda Municipal informou que Danilo havia acabado de sair do trabalho quando foi morto. “A Guarda Municipal do Rio de Janeiro lamenta informar a morte do GM Danilo Gonçalves dos Santos, 35 anos, na manhã desta quinta-feira, dia 4. O GM Gonçalves estava à paisana e tinha acabado de sair da sede do Grupamento de Cães de Guarda, na Mangueira, onde trabalhava. Ele saiu de carona com um colega de serviço que o deixou na rotatória da Avenida Rotary Club, em São Cristóvão, em frente à entrada principal da Quinta da Boa Vista. Segundo testemunhas, o GM caminhava em direção ao condomínio de prédios onde fazia adestramento de cães, quando percebeu que, do outro lado da rua, na calçada da Quinta, um motociclista era rendido por assaltantes armados e a pé. Imediatamente, o GM que usava arma devidamente registrada saiu em socorro da vítima. Houve troca de tiros, com os assaltantes indo atrás do GM, executado no local. As circunstâncias do crime serão investigadas pela Delegacia de Homicídios. “

O presidente da Comissão de Segurança Pública da Câmara de Vereadores e guarda municipal licenciado Jones Moura (PSD) lamentou a morte do agente. Ele destacou que “promoverá audiências públicas para um esforço do município, por meio de medidas concretas, para que se tenha maior participação no combate à violência na cidade do Rio”. // Extra . Blog do Léo Santos.

Cândido Sales: Em breve a Escola da Musica retornará com as atividades, aguardem... Nota de esclarecimento Esclarecimento! A prefeit...