quinta-feira, 4 de maio de 2017

Lava Jato: Suspeitos de receber R$ 100 mi, três ex-gerentes da Petrobras são presos
Foto: Divulgação/PF
Lava Jato: Suspeitos de receber R$ 100 mi, três ex-gerentes da Petrobras são presosTrês ex-gerentes da Petrobras estão entre os quatro presos na manhã desta quinta-feira (4) durante a Operação Asfixia, como foi batizada a 40ª fase da Operação Lava Jato. A Polícia Federal confirmou os nomes das pessoas detidas como resultado dos dois mandados de prisão preventiva e dois de prisão temporária: Márcio de Almeida Ferreira, Marivaldo do Rozário Escalfone, Paulo Roberto Gomes Fernandes e Maurício Guedes de Oliveira. Eles são suspeitos de ter recebido mais de R$ 100 milhões em propinas de empreiteiras que eram contratadas pela petrolífera, em um esquema que teria permanecido até o ano passado, após o início da Lava Jato, portanto. "Mediante o pagamento de vantagem indevida, os ex-gerentes agiam para beneficiar empreiteiras em contratos com a Petrobras, direcionando as licitações para as empresas que integravam o esquema”. Também são investigados operadores financeiros que intermediaram propina utilizando empresas de fachada. Duas empresas de fachada eram responsáveis por simular a prestação de serviços de consultoria junto às empreiteiras. Os investigadores apontam que as empresas repassavam as vantagens indevidas para os agentes públicos em três modalidades: pagamentos em espécie, transferências para contas na Suíça e pagamento de despesas pessoais dos ex-gerentes.

Cândido Sales: Em breve a Escola da Musica retornará com as atividades, aguardem... Nota de esclarecimento Esclarecimento! A prefeit...