Cândido Sales:Audiência pública esclarece e mobiliza a sociedade, sobre ação do Tribunal de Justiça da Bahia que que fechar comarcas do interior do estado

Aconteceu na Câmara Municipal de Vereadores de Cândido Sales nesta quarta-feira (24) uma Audiência com a participação do poder Legislativo e Executivo ,Municipal, e a OAB - Ordem dos Advogados do Brasil, sub-sessão de Vitória da Conquista, esta é uma ação idealizada pela Dr. Ubirajara Ávila presidente da OAB de Vitória da Conquista e está sendo feita em todos os municípios que pertencem a sua sub-sessão. 

O objetivo desse encontro foi o de esclarecer e mobilizar as autoridades constituídas,autoridades politicas e a sociedade como um todo, a respeito de um projeto em trâmite à dois anos no Tribunal de Justiça da Bahia que visa fechar, ou agregar comarcas judiciais no interior do estado.

Diante dessa possibilidade foi realizada essa reunião com as presenças do presidente da OAB de Vitória da Conquista Dr.Ubirajara Ávila,a prefeita de Cândido Sales Lora Pontes,o presidente da Câmara Municipal Ivano França,o procurador do município Dr. Amilton Fernandes,o controlador interno Dr.André Alves,o secretario de Expansão Econômica Eduardo Pontes,a secretaria de Educação Ildeia Cordeiro,advogados do município e diversas lideranças politicas.

Em sua fala,Lora Pontes disse que vai fazer o que estiver ao seu alcance para que não ocorra o fechamento da comarca do município de Cândido Sales, "isso seria um  grande retrocesso  para nosso município e uma grande perca para nossa população,me coloco a disposição para procurar o nosso governador, deputados,pedirei uma Audiência com o tribunal de Justiça se for preciso, para que isso não aconteça, Cândido Sales não pode retroceder,convoco todos os Candidosalenses para se engajarem nesta luta que é de interesse comum de todos nós"disse a prefeita.



O advogado e procurador do município de Cândido Sales, Amilton Fernandes, disse que caso venha acontecer uma extinção da comarca de Cândido Sales, ou mesmo uma agregação a uma outra,isso seria um grande prejuízo para a sociedade de nosso município."Essa mobilização é de extrema importância,porque nós construímos nessa audiência pública aqui hoje, um documento que será assinado por todos os participantes, que posteriormente será encaminhado pelas autoridades constituídas do município,a prefeita Lora ,o presidente da Câmara Ivano França, os vereadores, que poderão encaminhar esse documento que retrata o pensamento em relação a essa decisão,ou mesmo marcar uma audiência pública com  o Tribunal de Justiça da Bahia", o sentido dessa audiência pública que está acontecendo aqui hoje , é o mesmo movimento que está acontecendo em outros municípios do interior da Bahia, é com o objetivo de impedir que essas comarcas menos movimentadas do interior da Bahia, nas cidades menores sejam extintas,estamos fazendo a nossa parte,a comarca de Cândido Sales é muito importante, porque fica em uma localidade de divisa territorial,com Minas Gerais,Vitória da Conquista,Encruzilhada,me lembro que foi uma luta muito grande para trazer a comarca para cá;nosso município tem um alto índice de prostituição,violência contra crianças e adolescentes,de delitos graves, seria um prejuízo muito grande ver  a nossa comarca de Cândido Sales que existe a 27 anos ser extinta,ou mesmo agregada a uma outra, a nossa comarca não admite ter juiz substituto, o volume de processos é muito grande,são mais de 3,4 mil processos em tramitação,isso seria um retrocesso muito grande,essa é a luta da prefeita Lora Pontes,a minha luta, a luta dos vereadores e de toda a sociedade,não podemos permitir que isso aconteça"concluiu Amilton.