Um terço dos políticos na lista de Fachin dobrou o patrimônio nos últimos 15 anos

Foto: Tânia Rêgo / Agência Brasil
Um terço dos políticos na lista de Fachin dobrou o patrimônio nos últimos 15 anosUm terço dos políticos na lista de Fachin mais que dobraram seus patrimônios ao longo dos últimos 15 anos, de acordo com levantamento feito pelo jornal O Globo. O maior crescimento foi apresentado pelo  deputado federal Vander Loubet (PT-MS), com 22.000%. Em 2002 ele concorreu em uma eleição pela primeira vez, já para o cargo deputado federal, e declarou uma poupança e um título de capitalização que somavam R$ 2,3 mil. Em 2014, seus bens incluíam chácara, lancha, dois carros e R$ 182 mil, o que elevou seu patrimônio para R$ 1,1 milhão em valores atualizados. Em resposta ao jornal O Globo, o parlamentar avalia que os ganhos são “totalmente compatíveis” com sua renda. O mais rico da lista de Fachin é o ministro da Agricultura, Blairo Maggi (PP-MT). De 2002, quando foi eleito governador do Mato Grosso pela primeira vez, até 2010, quando ganhou uma cadeira no Senado, seus bens cresceram 355%, alcançando aR$ 230 milhões. Ele argumenta que a evolução patrimonial é reflexo de dividendos da sua empresa e do recebimento da herança do seu pai