domingo, 30 de abril de 2017

Temer ficou irritado com apoio da Igreja Católica à greve geral, aponta revista

Foto: Dida Sampaio
Temer ficou irritado com apoio da Igreja Católica à greve geral, aponta revistaCatólico, o presidente Michel Temer (PMDB) ficou irritado ao perceber as manifestações por parte da Igreja Católica em apoio à greve geral. Trabalhadores, estudantes e representantes das centrais sindicais se mobilizaram em diversos atos nessa sexta (28) contra as reformas trabalhista e previdenciária, propostas pelo governo do peemedebista. De acordo com a coluna Radar, da Veja, o presidente foi pego de surpresa pelo apoio da representação religiosa. Ainda assim, ambas as propostas seguem em trâmite no Congresso Nacional. O texto-base da reforma trabalhista passou para o Senado e o relatório da Previdência deve ser votado no plenário da Câmara neste início de maio.

59,3 milhões de brasileiros estão com o nome negativado, mostra estimativa do SPC Brasil e CNDL da Redação Região Sudeste concentra o ma...