Após lista, vice da Câmara defende que Temer retire reforma da Previdência

Foto: Ananda Pimentel/ Agência Câmara

Após lista, vice da Câmara defende que Temer retire reforma da PrevidênciaO vice-presidente da Câmara, Fábio Ramalho (PMDB-MG), defendeu que a reforma da Previdência seja retirada do Congresso Nacional pelo presidente Michel Temer. O vice-presidente, que é integrante do partido de Temer, afirmou que a divulgação dos novos alvos da Lava Jato fazem o momento ser "de muita tensão". "Neste momento é muito ruim passar qualquer tipo de reforma aqui no Parlamento. Eu se fosse o governo recolhia ela [a da Previdência]. É melhor recolher ela do que perder. E mandaria uma nova reforma discutida com a sociedade. É a melhor maneira de ganhar essa batalha", afirmou Ramalho. Ele ainda afirmou que "a sociedade brasileira é toda contra a reforma da Previdência". A divulgação da lista do ministro Edson Fachin esvaziou a Câmara dos Deputados e o Senado Federal nestas terça e quarta.