PIB fecha 2016 com queda de 3,6%; resultado do biênio é o pior desde 1948

Foto: Agência Brasil
PIB fecha 2016 com queda de 3,6%; resultado do biênio é o pior desde 1948O Produto Interno Bruto (PIB), soma de todos os bens e serviços produzidos no país, fechou em R$ 6,3 trilhões em 2016, o que representa uma queda de 3,6%, de acordo com dado divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Segundo informações da Agência Brasil, em 2015, o índice já tinha sofrido redução de 3,8%. De acordo com o IBGE, os resultados dos dois últimos anos corresponde à maior recessão desde 1947. Segundo a coordenadora de Contas Regionais do IBGE, Rebeca Palis, já houve registros maiores em outros anos, mas nunca a economia brasileira sofreu 7,2% de queda do PIB em um biênio. "A magnitude da queda, olhando o biênio, é a maior desde 1948", detalhou. A série histórica do IBGE começa em 1947, mas apenas a partir de 1948 há dado de variação anual. "Em outros períodos, algumas atividades econômicas davam uma segurada na economia. Nesse biênio, foi disseminado na economia toda, o que não é muito comum de acontecer. Serviços foram muito afetados, o que não acontecia muito", completou. Com o resultado negativo, o país volta ao patamar registrado no terceiro trimestre de 2010. No último trimestre de 2016, o PIB recuou 0,9% em relação ao trimestre anterior e 2,5% na comparação com o mesmo período do ano anterior.