Mundo Novo e Rio do Antônio sofrem com estiagem; Sudec anuncia adutoraAdutora puxará água para Rio do Antônio

Foto: Brumado Notícias

Mundo Novo e Rio do Antônio sofrem com estiagem; Sudec anuncia adutoraMais duas cidades baianas tiveram decretos de emergência por estiagem reconhecidos pelo Estado nesta quarta-feira (8). Mundo Novo, no Piemonte do Paraguaçu; e Rio do Antônio, no chamado Sertão Produtivo, sudoeste, terão a condição válida até 180 dias, contados a partir de 8 de fevereiro na primeira cidade, e em 6 de março, na segunda. Ao site Bahia Notícias, o superintendente da Defesa Civil do Estado (Sudec), Paulo Sergio Menezes Luz, afirmou que haverá ações emergenciais nas duas cidades. Uma licitação deve ser anunciada na próxima semana para a construção de uma adutora que puxará água da Barragem do Truvisco, em Caculé, para a região de Rio do Antônio. "Com a adutora, vamos resolver o problema de abastecimento de água potável para a região, que vive esse problema", disse ao BN. A previsão é que a obra – orçada em R$ 11 milhões com recursos federais – seja entregue em até 180 dias. Para Mundo Novo, Luz disse que a Sudec fará um convênio emergencial para fornecimento de água através de carros pipa. No município, a população afetada é de 49,4%, ou 13,4 mil dos 27,2 mil habitantes. Já em Rio do Antônio, o percentual de prejudicados é de 46,4%, 7,3 mil dos 15,7 mil moradores. Os dados são fornecidos pelas prefeituras à Sudec. Em todo o estado, 100 municípios estão com decreto de emergência reconhecido, o que atinge 1,4 milhão de baianos.