Ministros do governo Temer e ex-presidentes podem ser investigados após pedido de Janot


Foto: José Cruz / Agência Brasil
Ministros do governo Temer e ex-presidentes podem ser investigados após pedido de JanotAo menos dois ministros do governo Michel Temer podem ser investigados, depois de aparecerem na lista dos nomes citados em delações premiadas da Odebrecht. Rodrigo Janot, procurador-geral da República, pedirá ao Supremo Tribunal Federal (STF) a abertura de inquérito para ministros, senadores do PSDB e do PMDB, citados nas delações. De acordo com informações do jornal Folha de São Paulo, o procurador  vai solicitar também  o desmembramento para instâncias inferiores, alcançando políticos sem foro privilegiado no Supremo. Neste caso, ex-presidentes Dilma Rousseff e Luiz Inácio Lula da Silva, e os ex-ministros Guido Mantega e Antônio Palocci, além de governadores e ex-governadores, podem fazer parte do inquérito.