Mais 106 municípios entram em emergência; Bahia já tem 221 com decreto por seca
Mais 106 municípios entram em emergência; Bahia já tem 221 com decreto por seca
Barra do Mendes, no centro norte, está em lista/Foto: Reprodução/Panoramio

Cento e seis municípios baianos tiveram decretos de emergência reconhecidos nesta quarta-feira (15). A condição de emergência vale por 180 dias e foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE). Somando estes s municípios aos 115 já com decreto em vigor, a Bahia passa a ter mais da metade dos municípios em situação de emergência por estiagem, o que totaliza 221 cidades.  Segundo o governo, a medida levou em consideração os baixos índices pluviométricos registrados nos últimos seis anos, “que estão afetando quase a totalidade do estado”. O decreto, assinado pelo governador Rui Costa, tomo como base a escassez das chuvas que tem comprometido a regularidade no fornecimento de água potável e provocado graves prejuízos às atividades produtivas, principalmente à agricultura e à pecuária. Com a condição de emergência, todos os órgãos estaduais devem participar de ações para restabelecer a normalidade e preservar o bem-estar das populações afetadas. Os 106 municípios que entraram em emergência por estiagem nesta quarta são: Abaíra, América Dourada, Antônio Gonçalves, Aracatu, Barra do Choça, Barra do Mendes, Boa Nova, Bom Jesus da Serra, Boninal, Boquira, Botuporã, Brejões, Brotas de Macaúbas, Brumado, Caetanos, Cafarnaum, Campo Alegre de Lourdes, Canarana, Candeal, Caraibas, Casa Nova, Castro Alves, Caturama, Central, Cipó, Conceição do Almeida, Condeúba, Contendas do Sincorá e Cordeiros.

Cafarnaum, na região de Irecê, também aparece em listagem/Foto: TV Bahia

A lista ainda tem Érico Cardoso, Fátima, Filadélfia, Feira de Santana, Guanambi, Heliópolis, Iaçú, Ibiassucê, Ibipeba, Ibiquera, Ibitiara, Ibititá, , Igaporã, Ipupiara, Irajuba, Iramaia, Iraquara, Itaguaçú da Bahia, Itaquara, Itatim, Itiruçú, Itororó, Ituaçú, Iuiú, Jacaraci, Jacobina, Juazeiro, Jussara, Jussiape, Lagoa Real, Lamarão, Licínio de Almeida, Macaúbas, Maetinga, Malhada, Marcionilio Souza, Milagres, Morpará, Morro do Chapéu, Mortugaba, Mulungu do Morro, Muquém do São Francisco, Nova Canaã, Nova Fátima, Nova Redenção, Nova Soure, Oliveira dos Brejinhos, Ourolândia, Palmeiras, Paramirim, Pedro Alexandre, Piatã, Pindaí, Piripá, Planalto e Presidente Dutra.

Palmeiras, na Chapada Diamantina, também integra lista/Foto: Reprodução/Jair Onofre

O restante é composto por Ribeira do Amparo, Rio de Contas, Santa Bárbara, Santa Inês, São Felipe, São Gabriel, São Jose do Jacuípe, Sátiro Dias, Sento Sé, Serrolândia, Souto Soares, Tanque Novo, Tanquinho, Tremedal, Uibaí, Urandi, Valente, Várzea da Roca, Várzea do Poço, Wagner e Xique-Xique.