Adriana Ancelmo  mulher do ex governador Sérgio Cabral é levada para cumprir prisão domiciliar no Rio de Janeiro 
Adriana Ancelmo é levada para cumprir prisão domiciliar no Rio de Janeiro
Foto: Reprodução / TV Globo

A ex-primeira-dama do estado do Rio de Janeiro, Adriana Ancelmo, deixou o presídio de Bangu 8 na noite desta quarta-feira (29) e foi levada por agentes da Polícia Federal para cumprir prisão domiciliar. Ela estava na unidade prisional desde o dia 17 de dezembro e responde por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e organização criminosa. O Superior Tribunal de Justiça (STJ) concedeu o benefício a Adriana Ancelmo na última sexta-feira (24), sob a condição de que a casa não tivesse telefones fixos nem celulares e acesso à internet. A ex-primeira dama foi hostilizada na saída do presídio por familiares de presos e na frente da sua casa por manifestantes.