Indicado para Ouvidoria de ministério é acusado de comprar sentença na Bahia

Foto: Pedro França / Agência Senado
Indicado para Ouvidoria de ministério é acusado de comprar sentença na BahiaNão é só com a Lava Jato que o presidente Michel Temer tem que se preocupar ao lidar com indicações de seu governo. O chefe de gabinete do ministro do Turismo, Marx Beltrão, indicou o advogado Ciro Rocha Soares para a ouvidoria da pasta. De acordo com a coluna Radar Online, da revista Veja, Ciro é acusado de compra de sentença na Bahia. Além disso, ele não deverá morar em Brasília, já que segundo a publicação atuará de seu próprio escritório, que fica em Salvador.