Fachin autoriza abertura de investigação sobre Renan, Jucá e Sarney


Foto: Lula Marques / Agência PT
Fachin autoriza abertura de investigação sobre Renan, Jucá e SarneyO ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Edson Fachin determinou, nesta quinta-feira (9), a abertura de um inquérito para investigar os senadores Renan Calheiros (PMDB-AL) e Romero Jucá (PMDB-RR), o ex-senador José Sarney (PMDB-AP) e o ex-diretor da Transpetro Sérgio Machado por tentarem obstruir a Operação Lava Jato. Fachin, que é relator da operação na Corte, acatou um pedido feito pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, baseado em conversas gravadas por Machado. Com o novo inquérito, Renan se torna réu pela 14ª vez. Jucá já é investigado em oito ações, enquanto Machado responde a duas delas. Esta é a primeira vez que Sarney se torna réu no âmbito da Lava Jato. Os quatro políticos são acusados de terem atuado nos bastidores para buscar a aprovação de medidas no Congresso que pudessem atrapalhar as investigações da Polícia Federal. Segundo o G1, Janot afirma que "há elementos concretos de atuação concertada entre parlamentares, com uso institucional desviado, em descompasso com o interesse público e social, nitidamente para favorecimento dos mais diversos integrantes da organização criminosa". Este foi o primeiro inquérito da Lava Jato aberto por Fachin, que assumiu a relatoria da Lava Jato depois da morte do ministro do STF Teori Zavascki.