Deputados da base descartam aprovar reforma da Previdência até junho

Foto: Agência Câmara
Deputados da base descartam aprovar reforma da Previdência até junhoApesar dos planos do governo federal de aprovar a Reforma da Previdência até o fim do primeiro semestre, os deputados da base governistas afirmam que o cronograma não deve ser cumprido e que a proposta não deve ser aprovada até junho. Segundo informações do jornal O Globo, os parlamentares estão criticando a forma como o governo está se comunicando sobre a matéria e afirmam que não querem “apanhar” sozinhos no Congresso. Líderes de partidos como PP, PR, PSD, apontam que a meta de votar o texto até junho não é realista. Os congressistas criticaram, por exemplo, a presença do ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, em audiência pública realizada na semana passada na comissão especial criada para analisar a matéria. Eles avaliam que o ministro falou menos do que deveria e se recusou a responder perguntas. Os deputados apontam ainda que o ministro se aposentou aos 52 anos e não fez o“ato simbólico”, como a devolução de sua aposentadoria. “A ida do ministro Padilha foi uma ducha de água fria. Os parlamentares se sentiram desamparados na comissão. Passou a imagem de que o governo não está disposto a defender sua proposta e deixou essa tarefa nas mãos da base”, afirmou o líder do DEM, Efraim Filho (PB).