Eures evita polarização e promete luta por ISS e taxa de Coelba caso eleito na UPB

Foto: Cláudia Cardozo / Bahia Notícias

Eures evita polarização e promete luta por ISS e taxa de Coelba caso eleito na UPBPrimeiro nome a se colocar como candidato à sucessão da União dos Municípios da Bahia (UPB), Eures Ribeiro (PSD) se apresenta como candidato acima da disputa entre o governador da Bahia, Rui Costa (PT), e o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM). “Minha candidatura nem é de governo nem de oposição”, declarou ao Bahia Notícias. Em época de crise financeira, o prefeito reeleito de Bom Jesus da Lapa diz que os municípios devem brigar por bandeiras como o recolhimento de impostos pelas prefeituras. No caso específico, Eures afirma que é preciso que o ISS [Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza] dos cartões de crédito seja direcionado aos locais de venda e não às sedes das empresas. A reforma do ISS tinha sido aprovada no Senado em dezembro passado, mas foi vetada pelo presidente da República. “Nós vamos lutar para que o veto do presidente Temer seja revogado. O ISS tem que ser recolhido onde as pessoas consomem”, afirma. Outro ponto que pretende atuar, caso seja eleito, é fazer com que a taxa de iluminação cobrada pela Coelba aos munícipes tenha um percentual recolhido pelas gestões. “A Coelba vem cobrando isso de forma irregular”, critica. Eures Ribeiro ainda se comprometeu a exercer pressão na repatriação de recursos do exterior para as prefeituras e no aumento de auxílio para municípios em situação de emergência por problemas com a estiagem. Entre outras demandas do postulante estão a criação do que chamou de “UPB Itinerante” para aproximar a entidade aos prefeitos, além da busca por mais verbas de custeio para execução de programas federais.

por Francis Juliano/ BN