Oito municípios baianos recebem R$ 500 milhões para obras de saneamento
Oito municípios baianos recebem R$ 500 milhões para obras de saneamento
Foto: Divulgação

O vice-governador João Leão, acompanhado do secretário de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (Sihs), Cássio Peixoto, receberam a garantia, após reuniões em Brasília, da liberação de R$ 504.019.771,70 para obras de saneamento nos municípios de Salvador, Feira de Santana, Camaçari, Ilhéus, Paulo Afonso, Angical, Cristópolis e Cotegipe. “Tratam-se de intervenções que estavam paradas por conta de impasses com os agentes financiadores. Numa reunião, por exemplo, com o presidente da Caixa Econômica Federal, Gilberto Ochhi, conseguimos chegar num consenso e destravar recursos da ordem de R$ 497.044.771,36, após sanarmos um conflito de garantias”, afirma Peixoto. Entre as obras previstas, está a ampliação do sistema produtor/adutor de água de Feira de Santana, além da reversão da barragem de Santa  Helena para o reservatório do Rio Joanes, implantação do Centro de Reservação do Tomba, aquisição de hidrômetros, obras de sistemas de esgotamento sanitários em Ilheús e Paulo Afonso. Pelo Ministério da Integração, houve a autorização para conclusão das obras de abastecimento de água dos municípios de Angical, Cristópolis e Cotegipe, executadas pela Companhia de Engenharia Hidrica e de Saneamento da Bahia (Cerb), autarquia vinculada a Sihs, que somam  R$ 6,975 milhões. “Em suma, com isso, vamos tirar do papel intervenções de grande importância e, conseqüentemente, mudar a realidade de milhões de baianos que h[a muito sonham em ter água em suas torneiras”, apontou.