Coité : Ex-prefeito é condenado por não prestar contas de 'carnaval fora de época'
Coité : Ex-prefeito é condenado por não prestar contas de 'carnaval fora de época'
Foto: Divulgação
O ex-prefeito de Conceição do Coité, Renato Souza dos Santos, foi condenado por não prestar contas do "Carnaval Fora de Época-Coité Folia/2010". Renato foi condenado a ressarcir R$ 202.040,62 ao Estado, teve seus direitos políticos suspensos e foi proibido de contratar com o Poder Público por três anos. A ação civil pública movida pelo Ministério Público Federal (MPF) em Conceição de Coité alegava que o ex-prefeito, que governou Coité de janeiro de 2009 a dezembro de 2012, não prestou contas do valor de R$ 150 mil que foi repassado pelo Ministério do Turismo para a realização do evento. As irregularidades apontadas pelo Ministério não foram justificadas pelo então prefeito e não foi apresentada documentação que apontasse as ações executadas. A juíza federal da 1ª Vara da Subseção de Feira de Santana, Karin Weh de Medeiros, ainda apontou que a gratuidade do evento, que foi alegada pelo réu em uma declaração encaminhada pelo Ministério da Turismo, era irregular, tendo em vista que o evento cobrou R$ 90 reais só no primeiro lote para os três dias do evento.