Operação Embuste: PF investiga instituição de Vitória da Conquista suspeita de cometer fraude no vestibular
Foto: Reprodução | TV Globo
Foto: Reprodução | TV Globo

A Delegacia da Polícia Federal de Vitória da Conquista ainda não se pronunciou sobre a Operação Embuste que envolve uma instituição de ensino superior conquistense. Deflagrada em 6 de Novembro, a ação cumpriu simultaneamente 28 mandados judiciais, sendo quatro de prisão temporária, quatro de condução coercitiva, 15 de busca e apreensão e cinco mandados de sequestro de bens, todos expedidos pela Justiça Federal de Montes Claros, no Norte de Minas Gerais. A investigação foi feita com o auxílio do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e do Ministério Público Federal. De acordo com a PF, os envolvidos nessas negociações criminosas já teriam, neste ano de 2016, fraudado ao menos dois processos seletivos: o vestibular realizado em Mineiros (GO), ocorrido nos dias 15 e 16 de outubro, e o vestibular destinado à seleção para o curso de medicina, realizado na cidade de Vitória da Conquista, nos dias 22 e 23 de Outubro. O assunto voltou a ser pautado neste domingo (13), no Fantástico. 

Veja o vídeo: