Vitória da Conquista: Resultado de 3 pesquisas promete movimentar eleição na cidade
001
O eleitorado de Vitória da Conquista caminhará para as urnas no dia 30 de outubro munido de muita informação, ou bastante confuso sobre a preferência coletiva para o futuro prefeito da cidade. Nada menos que três pesquisas foram registradas no Tribunal Superior Eleitoral\TSE para medir o termômetro eleitoral deste segundo turno na cidade há duas décadas governada pelo PT.

No dia 19, o Instituto Veritá, sob a responsabilidade do estatístico  Leonard Mendonça de Assis, registrou uma pesquisa – iniciada na quinta-feira (20) – com término e divulgação previstos para a próxima terça-feira (25). Serão ouvidos 802 eleitores e será feita sob encomenda do próprio instituto. O valor investido para realização da sondagem foi de R$ 32.000,00.


Em seu questionário, além da intenção de voto, o instituto sonda o eleitor sobre quem ele acha que vai ganhar as eleições e tenta identificar a migração dos votos dos candidatos que disputaram o primeiro turno, como Roberto Dias, Fabrício Falcão, Joás Meira e Arlindo Rebouças. Também trata de temas locais como saúde, segurança, educação municipal, habitação, limpeza pública.

Já no dia 20, uma quarta-feira, foi a vez do Instituto Painel Brasil Consultoria e Pesquisa de Mercado e Opinião registrar uma pesquisa, a ser realizada entre os dias 22 e 24, com 900 entrevistados, sob a responsabilidade do estatístico Alexandro Teles de Oliveira. A contratante da pesquisa foi a Alves Quatro Assessoria de Comunicação\Eireli / Alves Quatro, que desembolsou R$ 6.500.

Nesta sexta-feira (21), foi registrada uma nova pesquisa com previsão de ser divulgada no dia 27, próxima quinta-feira. A empresa contratada foi a Eleva Tecnologia e Comunicação\LTDA. Serão entrevistadas 1050 eleitores entre os dias 23 e 26, sob a responsabilidade do estatístico Caroena Alves Santos. A pesquisa foi contratada pela Rádio Metrópole, de Salvador, a um custo de R$ 9.000,00. 

Fonte: Blog do Fábio Sena