Ministro da Cultura é chamado de 'golpista' em festival de cinema no Rio; veja vídeo
Ministro da Cultura é chamado de 'golpista' em festival de cinema no Rio; veja vídeo
Foto: Reprodução / Facebook

O Ministro da Cultura, Marcelo Calero, foi vaiado em sua participação na abertura do Festcine Imperial - Festival de Cinema de Petrópolis, que ocorreu na última sexta-feira (2). Marcelo teve sua fala interrompida por gritos de "golpista" e "fascista". O ministro reagiu ao protesto fazendo gestos com a mão que simboliza "ladrão". Alguns sites chegaram a afirmar que o ministro havia afirmado ser "golpista sim com muito orgulho", mas Marcelo desmentiu e afirmou que havia dito, na verdade, que os manifestantes é que eram golpistas. Em seu perfil no Facebook, Marcelo Calero deu uma declaração sobre o assunto. "Eu e o público presente nos indignamos com a tentativa de interrupção de um evento que custou muito trabalho e dinheiro às produtoras e ao povo de Petrópolis - e demonstramos isso com altivez. Fiquei penalizado com o fato de que essa meia dúzia deixou as produtoras do evento constrangidas e lamentando o ocorrido. Esse pessoal não quer saber de cultura. Eles não se conformam com a democracia. Ah, claro, eles agora publicam mentiras, dizendo que eu teria sido expulso do evento e que teria dito "golpista com orgulho". Mas a gente sabe que mentira, aliada ao discurso do ódio, é a especialidade deles", escreveu o ministro.    VEJA O VÍDEO