PF cumpre mandado de prisão e investiga desvio de verbas no esporte brasileiro
PF cumpre mandado de prisão e investiga desvio de verbas no esporte brasileiro
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Nesta quarta-feira (24), a Polícia Federal cumpre mandados judiciais da Operação Nemeus, que investiga desvio de recursos públicos cedidos a confederações esportivas. Dentre eles, a PF cumpre um mandado de prisão preventiva contra Sérgio Borges, dono da empresa SB Marketing , além de quatro de condução coercitiva e oito de busca e apreensão nas confederações de Tiro Esportivo e Taekwondo. Ex-diretor da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV), Borges é dono da empresa considerada como cabeça do esquema de fraude. De acordo com a Polícia Federal, pessoas dentro das entidades vêm desviando recursos cedidos pelo Ministério do Esporte por meio de convênios. A investigação analisa licitações com uso de documentos falsos, a fim de realizar contratações e aquisições por preços muito acima do mercado. A Operação, que conta com o apoio do Ministério Público Federal e da Controladoria Geral da União, ocorre nas cidades do Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Manaus e Caxias do Sul. Além dos mandados, há também uma notificação judicial de afastamento do presidente da Confederação de Taekwondo, Carlos Fernandes.