Manifestantes que protestam contra os gastos da prefeitura de Angra dos Reis com a Olimpíada conseguiram apagar a tocha olímpica e interromper o seu revezamento durante a sua passagem pela cidade.


O protesto obrigou os organizadores a suspender o primeiro trecho do revezamento. Batalhão de choque da Polícia Militar chegou a usar bombas de gás para conter os manifestantes.


A confusão também provocou o cancelamento dos shows previstos para encerrar a noite da passagem da tocha.

Vídeos do local divulgados através das redes sociais mostram como os manifestantes conseguiram cercar o ônibus que acompanhava a turnê. É possível ver um dos condutores voltando ao veículo com a tocha apagada, gritando: “Apagaram a tocha”.


De acordo com o comitê Rio-2016, a comitiva continuou com o revezamento após a segurança ter conseguido controlar a situação. Durante a paralização, no entanto, alguns condutores acabaram não conseguindo carregar a tocha.