Governo golpista suspende Ciência Sem Fronteiras para graduação



Há cerca de um mês, estudantes brasileiros que foram para o exterior com bolsas do programa Ciências Sem Fronteiras já relatavam dificuldades em renovar o benefício desde que o ilegítimo Michel Temer chegou à Presidência da República via golpe parlamentar.
Agora, o ministro golpista da Educação, Mendonça Filho (DEM), anuncia a suspensão do programa para os estudantes da graduação. O Ciência Sem Fronteiras foi lançado pela presidenta eleita, Dilma Rousseff, como um dos avanços brasileiros no campo da Educação.
Pela primeira vez, o Brasil contava com um programa de intercâmbio estudantil para troca de experiências, estímulo à inovação e fortalecimento da ciência.
A suspensão do programa vai interromper uma política de Estado com potencial para colocar o Brasil na rota do desenvolvimento pela via do conhecimento. Segundo o ministro golpista Mendonça Filho, a ideia é reformular o programa.
Anteriormente, ele já havia afirmado que não haveria descontinuidade nos programas do Ministério da Educação, mas acabou tomando decisões que desmontam as políticas da pasta.
Ao todo, foram 35 mil bolsistas atendidos pelo programa em 2015 — cerca de 80% do número de bolsas já concedidas. A interrupção do auxílio vai impactar a continuidade dos estudos de quem já possuía bolsa, prejudicando inclusive que o país receba os retornos do investimento já feito nesses estudantes.

Por: Agência PT