terça-feira, 24 de maio de 2016

Polícia Federal deflagra 30ª fase da Operação Lava Jato

Polícia Federal deflagra 30ª fase da Operação Lava Jato
Foto: Cristina Índio do Brasil/ Agência Brasil

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira (24) a 30ª fase da Operação Lava Jato. Ao todo, 28 mandados são cumpridos em São Paulo e no Rio de Janeiro. Entre eles, dois de prisão preventiva e nove de condução coercitiva. Batizada de Operação Vício, ela apura contratos e repasses de valores indevidos entre funcionários da Petrobras, empresas contratantes, além de políticos e agentes públicos. Três grupos de empresas são investigadas por usarem operadores e contratos fictícios de prestação de serviço para repassarem valores principalmente à Diretoria de Serviços e Engenharia e Diretoria de Abastecimento da estatal. Os crimes investigados são de corrupção, organização criminosa e lavagem de ativos.  O nome da operação se refere à "sistemática, repetida e aparentemente dependente prática de corrupção por determinados funcionários da estatal e agentes políticos que aparentam não atuar de outra forma senão por meio de atos lesivos ao Estado", diz nota da Polícia Federal. A 29ª etapa foi cumprida nesta segunda (23), com a prisão preventiva de João Cláudio Genu, ex-tesoureiro do PP e ex-assessor do ex-deputado federal José Janene,  morto em 2010 (veja mais). Lucas Amorim Alves e Humberto do Amaral Carrilho foram presos temporariamente. 

59,3 milhões de brasileiros estão com o nome negativado, mostra estimativa do SPC Brasil e CNDL da Redação Região Sudeste concentra o ma...