Páginas

WhatsApp

WhatsApp

sexta-feira, 17 de abril de 2015

Polícia: Bandidos armados invadem escola de inglês, assaltam e agridem professores e crianças em Conquista
Foto: Ilustração
Foto: Ilustração
Os delinquentes não param de agir em Vitória da Conquista. A modalidade criminosa que se repete a cada dia é a onda de assalto a estabelecimentos comerciais, escritórios e escolas. Na última semana o fato aconteceu numa escola de idioma estrangeiro em pleno bairro Recreio, um dos mais tradicionais da Capital do Sudoeste Baiano.  De acordo com o delegado chefe da 10ª Coordenadoria de Polícia do Interior, Marcus Vinícius de Morais Oliveira, após vários dias de diligência o suspeito foi identificado. “Infelizmente não conseguimos prendê-lo, mas recuperamos a arma que ele utilizou no assalto e uma boa quantidade de drogas que está sendo apresentada agora no Plantão Central”, afirmou o delegado em entrevista coletiva à imprensa, na manhã desta sexta-feira (17). “Colocou a arma na professora, ameaçou e saiu empurrando as crianças. As cenas das câmeras do circuito interno chocam pela agressividade desses dois elementos”, complementa. Ainda de acordo com Marcus Vinícius, até o momento somente um bandido está identificado, mas ele acredita que nos próximos dias o outro comparsa será identificado. “Vamos prender os dois”, completou. Informações do Blog do Anderson
Tremedal: Enfermeira fica ferida em acidente na BA-263
Foto: Blog do Anderson
Foto: Blog do Anderson

Uma mulher ficou ferida em acidente automobilístico na BA-263, trecho de Tremedal, na tarde desta sexta-feira (17). A jovem enfermeira de prenome Débora, seguia de Vitória da Conquista para Piripá quando perdeu o controle do seu carro. Após resgate, ela foi levada ao Hospital Municipal Adelmário Pinheiro, em Tremedal, e liberada em seguida. A Polícia Rodoviária Estadual registrou a ocorrência.

Lava Jato: Cunhada de Vaccari se entrega à PF

Foto: Reprodução

Marice Correa de Lima, cunhada de João Vaccari Neto
A cunhada do ex-tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, se entregou à Polícia Federal, em Curitiba, por volta das 14h desta sexta-feira, 17. Marice Correa de Lima chegou de táxi, acompanhada de seu advogado, o criminalista Claudio Pimentel. Marice está com prisão temporária decretada pela Justiça Federal do Paraná, base da Operação Lava Jato. A cunhada de Vaccari teve seu nome citado nas primeiras fases da Operação Lava Jato, no início de 2014. Ela teria recebido propina no dia 3 de dezembro de 2013 da empreiteira OAS, alvo da investigação sobre corrupção e desvios na Petrobras. Os valores teriam sido entregues em espécie a mando do doleiro Alberto Youssef, peça central da Lava Jato, no endereço onde ela mora, em São Paulo. A PF suspeita que Marice e outros familiares de Vaccari – a mulher, Giselda, e a filha Nayara ­- foram usadas para ocultar valores ilícitos arrecadados pelo ex-tesoureiro do PT. Uma linha da investigação aponta para negócio lucrativo que Marice realizou com a OAS. Ao comprar um apartamento Bancoop da empreiteira ela lucrou 100% em apenas um ano – adquiriu o imóvel por R$ 200 mil e o vendeu um ano depois por R$ 432 mil para a própria empreiteira. A força-tarefa da Lava Jato vê “caráter fraudulento” na transação. Os procuradores da República e a PF suspeitam que o negócio “serviu para ocultar e dissimular a origem ilícita dos recursos, tratando-se de possível vantagem indevida paga pela OAS a João Vaccari Neto”. Marice, segundo informa o pedido de prisão, “funcionava como uma auxiliar de João Vaccari Neto para operacionalizar a propina destinada ao Partido dos Trabalhadores”. Os investigadores acreditam que a cunhada “recebia vantagens indevidas destinadas a Vaccari”.
Ricardo Brandt, Estadão Conteúdo

PT não receberá mais doações de empresas privadas, diz Falcão

Foto: Divulgação

Presidente nacional do PT, Rui Falcão
O PT não vai mais receber doações de empresas privadas. O presidente nacional do PT, Rui Falcão, confirmou na tarde desta sexta-feira, 17, que na reunião do diretório nacional do partido foi fechado acordo a ser referendado no 5° Congresso para que a legenda abra mão voluntariamente das doações empresariais. “Decidimos que os diretórios nacional, estaduais e municipais, não mais receberão doações de empresas privadas, devendo essa decisão ser detalhada, regulamentada e referendada pelos delegados (as) ao 5° Congresso”, disse Falcão, ao ler o documento que foi produzido na reunião. Na versão final do documento foi suprimido o termo “imediatamente”. Falcão ressaltou que a decisão não significa que as contribuições recebidas pelo partido até agora “tenham alguma mácula”. O presidente petista disse que o partido vai estudar mecanismos para estimular contribuições de pessoas físicas entre R$ 15 e R$ 1.000.
José Roberto Castro, Ana Fernandes e Ricardo Galhardo, O Estado de S. Paulo
Carinhanha: Viatura da Polícia Civil se envolve em acidente na BR-030; dois jovens ficam feridos
Fotos: Reprodução | Folha do Vale

Fotos: Reprodução | Folha do Vale

Dois jovens ficaram gravemente feridos numa colisão entre motocicleta e uma viatura da Polícia Civil, na BR-030, trecho de Carinhanha. As vítimas foram identificadas pelos prenomes Warlei Marcio Luiz, ambos de Malhada, foram encaminhados ao Hospital Regional de Guanambi.

IMG-20150417-WA0017

Segundo o site Folha do Vale, o condutor da caminhonete, o delegado Adir Pinheiro Junior, tentou o desvio, mas a moto acabou colidindo frontalmente. Pinheiro Júnior acredita que os dois estavam distraídos olhando para um animal morto às margens da pista
PT confirma Marcio Macedo como substituto de João Vaccari Neto na tesouraria do partido
PT confirma Marcio Macedo como substituto de João Vaccari Neto na tesouraria do partido
Foto: Reprodução / Facebook

O PT definiu nesta sexta-feira (17) o ex-deputado federal Marcio Macedo, de Sergipe, como novo tesoureiro do partido. Macedo foi escolhido para substituir o petista João Vaccari Neto - preso na última quarta-feira (15) por suposto envolvimento no esquema de propina da Petrobras, investigado pela Operação Lava Jato. O novo tesoureiro do PT foi secretário do ex-governador de Sergipe, Marcelo Deda (1960-2013) e pertence à tendência majoritária 'Construindo um Novo Brasil'. A escolha foi feita em reunião do Diretório Nacional em São Paulo. Segundo O Globo, José Nobre Guimarães (CE), líder do governo na Câmara, disse que Macedo foi escolhido para cumprir todo o mandato, até 2017. "É um nome novo do Nordeste, um quadro experimentado. A escolha foi muito ponderada. Escolhemos o nome certo para a hora certa", afirmou.

Oposição protocola pedido de CPI para investigar empréstimos do BNDES

Foto: Reprodução

Requerimento tem assinaturas de 198 deputados propondo a criação de uma CPI
Um requerimento com as assinaturas de 198 deputados propondo a criação de uma comissão parlamentar de inquérito (CPI) para investigar o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) foi apresentado à Mesa da Câmara, na tarde de hoje (16). De acordo com o documento, a CPI deverá apurar fatos ocorridos de 2003 a 2015 relacionados à concessão de empréstimos e financiamentos. Por exemplo, “empréstimos secretos a Angola e Cuba”. O documento contém assinaturas de parlamentares de 25 partidos com representação na Câmara e teve como autores os líderes de legendas de oposição, entre eles, os deputados Carlos Sampaio (PSDB-SP); Rubens Bueno (PPS-PR), Mendonça Filho (DEM-PE) e Júlio Delgado (PSB-MG). O anúncio de que a Secretaria da Mesa havia conferido as assinaturas e consideradas válidas foi feito durante depoimento do presidente do BNDES, Luciano Coutinho, à CPI da Petrobras. O líder do PPS, Rubens Bueno, afirmou que a CPI precisa ser instalada porque o povo brasileiro quer saber o que aconteceu com os bilhões de reais do banco. “É bom lembrar que a carteira do BNDES é de mais de R$ 400 bilhões, e tudo isso é dinheiro subsidiado, dinheiro da população brasileira”. Para que a CPI seja instalada é necessário primeiro que haja um fato determinado e que ela seja aceita pela presidência da Câmara. Hoje, Luciano Coutinho disse que não é possível vincular qualquer empréstimo concedido pelo banco às doações de campanha feitas por empresas privadas. Ele foi questionado sobre o assunto durante audiência pública conjunta das comissões de Assuntos Econômicos (CAE) e de Infraestrutura (CI) do Senado, na qual respondeu a perguntas sobre a gestão do banco público de desenvolvimento. Já estão em funcionamento na Câmara quatro CPIs, e o Regimento Interno da Casa estabelece que só podem funcionar simultaneamente cinco comissões. Mais seis pedidos de criação de CPI aguardam definição sobre a instalação. Eles foram apresentados antes da do BNDES e têm preferência por ordem de apresentação. Para furar a fila e ser criada uma comissão de inquérito, é necessária a aprovação pelo plenário de um projeto de resolução para que ela seja instalada.

CCJ adia para quarta-feira votação da PEC que reduz ministérios

Foto: Divulgação

De autoria do deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), atual presidente da Câmara, a proposta vem gerando polêmica, tendo a sua votação arrastada por semanas
A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara (CCJ) adiou para quarta-feira (22) da próxima semana a votação da proposta de emenda à Constituição (PEC) que reduz para 20 o número de ministérios no governo federal. De autoria do deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), atual presidente da Câmara, a proposta vem gerando polêmica, tendo a sua votação arrastada por semanas em função das obstruções de aliados do governo. Ontem, depois de muitas negociações entre lideranças do governo e defensores da aprovação da admissibilidade da PEC e da participação do presidente da CCJ, deputado Arthur Lira (PP-AL), foi firmado um acordo para o adiamento da votação da proposta. Também foi acertado que a PEC será o único item da pauta de votação da CCJ na reunião da próxima quarta-feira. Além disso, as lideranças acordaram que não haverá obstrução e que apenas será feito o encaminhamento de votação e orientação dos líderes. Na reunião da CCJ, foi encerrada a fase de discussão da matéria. O parecer do relator da proposta, deputado André Moura (PSC-SE), é pela admissibilidade da PEC. Se o parecer for aprovado pela maioria dos membros da CCJ, será criada uma comissão especial para analisar o mérito da matéria antes dela ser levada à votação no plenário da Câmara, em dois turnos.
Iolando Lourenço, Agência Brasil

Tremor de terra danifica casas no interior do Ceará

A terra tremeu 2,5 graus na escala Richter em Quixeramobim, no Ceará. A confirmação é do Laboratório Sismológico do Nordeste, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. O tremor aconteceu nesta quarta-feira, 15, e foi sentido na zona rural de Quixeramobim. A Defesa Civil da cidade registrou apenas danos materiais. Os moradores procuraram a Defesa Civil para relatar problemas em suas casas, como rachaduras. O terremoto foi anotado pela estação de Pedra Branca, cidade próxima a Quixeramobim. Não há registros de tremores de terra anteriores na região. O terremoto foi mais sentido nas comunidades de Coque, Belém, Guarujá, Riacho da Roça e Poço da Pedra. Uma ouvinte da Rádio Campo Maior AM de Quixeramobim ligou para emissora comunicando o tremor: “Eu senti um tremor. Uma pancada. Parecia um choque. Era um tremor como se fosse vindo de longe. Eu estava na cozinha quando percebi”, relatou a ouvinte Ana Maria Silva.
Estadão

Congresso Nacional: Waldenor é eleito coordenador da Frente Parlamentar em defesa do PNE

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O deputado federal Waldenor Pereira (PT-BA) foi eleito, nesta quarta-feira (15), coordenador da Frente Parlamentar em defesa da implantação do Plano Nacional de Educação para a Bahia. O deputado Pedro Uczai (PT-SC) preside a Frente. O PNE estabelece as estratégicas das polícias de educação para o Brasil pelos próximos dez anos. Um dos principais pontos do plano é a ampliação do financiamento da educação pública, chegando, em até dez anos, a 10% do Produto Interno Bruto (PIB).
Garoto de 19 anos humilha e desafia deputado Jean Wyllys


O ex-BBB Jean Wyllys, que acabou sendo votado para deputado, criticou “A Folha” por ter dado espaço para um garoto de 19 anos. Esse garoto resolveu então gravar esse vídeo simplesmente esculachando Jean Wyllys.
Ele evidencia vários erros que tornam a posição de Jean totalmente contraditória, como por exemplo, defender gays e negros, e ter chamado no twitter um garoto de “negro gordo”. Ou então, defender Che Guevara e até se espelhar nele para se vestir, mas não saber que na época da revolução socialista Che Guevara mandava apedrejar os homossexuais e era totalmente preconceituoso. Esses e outras coisas mais, o garoto joga na cara de Jean bonito e mais: o desafia para mostrar seus conhecimentos políticos, seja por vídeo, pessoalmente ou da maneira que Jean Wyllys achar melhor. Será que depois disso ele vai ter coragem? Confira ao vídeo!


quinta-feira, 16 de abril de 2015

Brasileiros já pagaram R$ 1,2 bi com taxa extra na conta de luz em janeiro e fevereiro
Foto: Reprodução / Gente e Mercado
Os consumidores brasileiros pagaram, em janeiro e fevereiro, R$ 1,237 bilhão a mais nas contas de luz devido à taxa das bandeiras tarifárias, que começou a vigorar em 2015. Apesar de grande, esse volume de recursos não foi suficiente para cobrir as despesas extras das distribuidoras no período. De acordo com a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), foram arrecadados R$ 413,9 milhões via bandeiras tarifárias em janeiro. Com esse valor, foi possível quitar apenas 28,7% dos custos do mês, que somaram R$ 1,443 bilhão. De acordo com o G1, em fevereiro a arrecadação quase dobrou, chegando a R$ 823,1 milhões - o que também não foi suficiente para pagar as despesas, em torno de R$ 1,147 bilhão. "[O déficit de janeiro e fevereiro] não é nenhuma frustração. Esses valores eram esperados porque a primeira versão das bandeiras tinha uma concepção de arrecadação menor. Em março, os recursos já devem cobrir a conta do mês", explicou o diretor-geral da Aneel, Romeu Rufino. A diferença de R$ 1,353 bilhão registrada nos dois primeiros meses do ano está sendo paga, a princípio, pelas próprias distribuidoras. Entretanto, elas vão ser compensadas ao longo do ano, já que com o aumento no valor da taxa a arrecadação com as bandeiras vai aumentar. Em todo o ano de 2015, a Aneel espera que os consumidores paguem cerca de R$ 17 bilhões apenas via bandeiras tarifárias.
Ligações de orelhões da Oi serão gratuitas em 15 estados
orelhões-Oi
Desde ontem já é possível fazer ligações gratuitas locais para telefones fixos realizadas nos orelhões da Oi em quase toda a Bahia.

A partir desta quarta-feira, 15, as ligações locais para telefones fixos realizadas nos orelhões da Oi em 15 Estados não poderão ser cobradas. A medida é resultado do trabalho da Anatel no monitoramento dos patamares mínimos de disponibilidade dos telefones públicos da concessionária em sua área de atuação.
Na medição realizada no último dia 31 de março de 2015, a concessionária Oi não atingiu os patamares mínimos de disponibilidade nos Estados do Alagoas, Amazonas, Amapá, Bahia, Ceará, Maranhão, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Sergipe. A disponibilidade da planta de orelhões deve ser de no mínimo 90% em todas as Unidades da Federação e de no mínimo 95% nas localidades atendidas somente por orelhões (acesso coletivo).
Clique aqui e confira os detalhes de disponibilidade dos orelhões nos Estados medidos pelo Anatel.

PSDB apresentará auditoria no sistema da urna eletrônica no 2º semestre

O senador e presidente nacional do PSDB, Aécio Neves (MG), disse nesta quinta-feira, 16, durante audiência pública na Câmara sobre a reforma eleitoral, que seu partido vai apresentar no segundo semestre o estudo realizado por 30 técnicos contratados pelo partido sobre os dados fornecidos pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). “Não estamos dando alarde muito grande (ao estudo), porque o objetivo não é questionar o que ficou para trás”, disse o senador, candidato derrotado da última eleição presidencial. Segundo ele, o PSDB quer entender se existem vulnerabilidades no sistema eletrônico de votação para apresentar aos demais partidos. “Nossa ideia é convidar os demais partidos para, a partir do segundo semestre, fazer um grande debate e a apresentação desse trabalho e das eventuais vulnerabilidades constatadas. Isso para que possamos avançar para um sistema que preserve ao eleitor um avanço (a urna eletrônica), mas que garanta minimamente a sua conferência quando a Justiça Eleitoral achar que é necessário”, disse. Aécio afirmou que o questionamento da urna não seria uma “olhada no retrovisor” pelo fato de ter sido derrotado na eleição presidencial de 2014. “Quando, depois das últimas eleições, buscamos uma auditoria do Tribunal Eleitoral, alguns acharam que aquilo era uma revanche, era uma tentativa de questionar o resultado eleitoral”, disse. O senador afirmou que foi “o primeiro brasileiro a reconhecer o resultado das urnas”. “O que buscamos fazer e, existe processo junto ao TSE, não é auditoria das urnas, é compreensão das urnas sobre a vulnerabilidade do sistema”, disse.
Estadão
Polícia: Homicida foragido é preso em Conquista
Foto: Divulgação | PRF
Foto: Divulgação | PRF

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu, na manhã desta quarta-feira (15), um homicida foragido da Justiça do Estado de Goiás. O fato ocorreu por volta de 10h50, no KM 830 da BR 116, em Vitória da Conquista. Durante abordagem a um veículo que seguia de São Paulo com destino a Fortaleza, foi solicitado pelos policiais a documentação dos ocupantes, e através de consulta ao banco de dados, constatou-se que um dos passageiros, um homem de 46 anos, natural de Boa Viagem (CE) possuía dois mandados de prisão em aberto expedidos desde 2012 por homicídio qualificado. O homem foi conduzido ao Distrito Integrado de Segurança Pública.

Política Baiana: Oposição entra na Justiça contra o aumento das taxas do DETRAN
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa da Bahia ingressou nesta quarta-feira (15), no Tribunal de Justiça do Estado da Bahia da Bahia, com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADIN) contra a Portaria do Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (DETRAN-BA) que aumenta os valores das taxas cobradas pelo órgão, especificamente a da vistoria veicular, reajustada em 142%, passando de R$33 para R$ 80. A ADIN foi protocolada no TJ-Ba pelo líder da bancada, Sandro Régis (DEM) e pelos deputados Leur Lomanto (PMDB), Pablo Barrozo (DEM, Soldado Prisco (PSDB), Pedro Tavares (PMDB), Herzem Gusmão (PMDB) e Hildécio Meireles (PMDB), que chancelaram a ação em nome de todos os partidos que compõem a bancada oposicionista da Casa Legislativa. Segundo os argumentos utilizados na ADIN pelo jurídico da Liderança da Minoria, a Portaria do Detran ofende os princípios da constitucionalidade já que para se cobrar taxas é necessário uma lei definindo um fato gerador, o que não ocorre com a Lei que permitiu o reajuste. Além de inconstitucional, a ação indica a ilegalidade do aumento já que o Código de Trânsito Brasileiro diz que o Contran é o órgão responsável para disciplinar as questões do trânsito. O Detran, portanto, não tem atribuição legal para ir além da resolução do Contran. A ação indica também que ao aplicar um aumento de 143%, no valor da vistoria, a portaria fere os princípios da razoabilidade já que a inflação do período foi de 6,5%/ano.
Tanque Novo: Grupo invade cidade, dispara tiros para o alto e explode 2 bancos

Fotos: VC Repórter | |Blog do Anderson
Fotos: VC Repórter | |Blog do Anderson

Um grupo formado por cerca de 20 homens explodiu dois bancos na madrugada desta quinta-feira (16), em Tanque Novo, no Sudoeste Baiano. De acordo com a polícia, os homens invadiram a cidade atirando para o alto e causaram terror. Ninguém ficou ferido.
IMG-20150416-WA0065
Ainda segundo a polícia, os suspeitos levaram o dinheiro dos cofres das agências do Bradesco e Banco do Brasil, além dos caixas eletrônicos de um deles. Um carro utilizado pelos assaltantes na ação foi queimado perto do município.




Por conta da situação, os moradores da cidade ficarão sem agência e vão precisar ir para as cidades de Caetité, a cerca de 75 quilômetros de Tanque Novo, e Guanambi, a 110 quilômetros, para ter acesso a serviços bancários. Até a publicação desta reportagem do G1, ninguém havia sido preso.

quarta-feira, 15 de abril de 2015

Cunha nega pedidos para adiar votação do projeto de tercerização

Foto: Reprodução

Presidente da Casa, Eduardo Cunha quer concluir hoje a votação do projeto
Os esforços de algumas bancadas defendendo o adiamento da votação do projeto de lei da terceirização não convenceram o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Ele negou os pedidos nesse sentido e garantiu que todos os destaques ao projeto serão concluídos na tarde de hoje (15). “Não é adiando para outra semana que vamos resolver. Não tenho compromisso ou interesse em qualquer dos resultados. Tenho interesse em que votemos, que enfrentemos o tema e o encaminhemos ao Senado”, informou. Cunha queria que o texto fosse esgotado ontem (14), mas a votação de um dos destaques acabou gerando confusão em plenário. “Concordei com o adiamento por causa da confusão. Acho que 90% votaram sem saber o que estavam votando. Há uma confusão muito grande quando apresentam um destaque supressivo. Quando votamos sim, parece que estamos votando com a supressão, mas é justamente o contrário”, explicou. Na votação de ontem, os deputados aprovaram, por 360 votos a 47, um destaque do PSDB retirando a possibilidade de as empresas públicas, sociedades de economia mista, suas subsidiárias e controladas, no âmbito da União, dos estados, Distrito Federal e municípios, aplicarem as regras que constavam no text-base aprovado semana passada. Leia mais na Agência Brasil.
Carolina Gonçalves, Agência Brasil

Câmara adia votação do projeto de regulamentação da terceirização

O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), anunciou na noite desta quarta-feira, 15, o adiamento da apreciação do Projeto de Lei 4.330/2004, que regulariza a terceirização no mercado de trabalho do País. A apreciação de 12 emendas em plenário mudando substancialmente o texto-base aprovado na semana passada gerou uma confusão generalizada entre os partidos e até dentro das bancadas. Lideradas por PSDB e PT, as legendas convenceram Cunha a adiar a votação até a próxima quarta-feira, 22. O presidente da Câmara convocou uma reunião de última hora e voltou anunciando o acordo. “O entendimento (de líderes) será pela aprovação simbólica do requerimento de retirada de pauta (apresentado pelo PSD) e a sessão volta na sessão ordinária de quarta-feira”, afirmou Cunha. O PSDB rachou entre os que defendiam a aprovação e os que queriam recuar da posição da semana passada, quando o partido apoiou o texto-base. Nos bastidores, os tucanos afirmam que sofrem pressão nas redes sociais. Isto levou o PSDB a se aproximar do PT para articular a suspensão da votação dos destaques na Câmara, após metade dos deputados do PSDB dizerem que votariam contra a terceirização. “Não tem um acordo de mérito (contra o projeto com o PSDB). O que tem é uma preocupação nossa de que o projeto tem tantas nuanças, mas tantas nuanças, que a cada momento surgem novidades, preocupações”, disse o líder do PT, Sibá Machado (AC). A repercussão negativa do texto-base aprovado na semana passada gerou apreensão em quase todas a bancadas, que começaram a se colocar contra a terceirização. “Se o projeto não for derrotado hoje, não será pelo PT. Será pelo PSDB”, chegou a dizer o relator, deputado Arthur Oliveira Maia (SD-BA). Sibá Machado disse que o projeto pode gerar ambiguidades tanto no âmbito dos direitos trabalhistas quanto para o meio empresarial. ” Isso não é bom para ninguém”, disse o líder petista.
Nivaldo Souza, Estadão Conteúdo