Páginas

Você bem informado...

Você bem informado...

segunda-feira, 6 de julho de 2015

Líderes vão propor pacto por governabilidade em reunião com Dilma

Foto: Dida Sampaio/Estadão

Presidente Dilma Rousseff
Preocupados com o agravamento da crise política, partidos governistas vão propor um pacto pela governabilidade entre os aliados na reunião do conselho político marcada para a noite desta segunda-feira, 6, no Palácio do Alvorada. Apesar da crise que ameaça a sustentação do governo Dilma Rousseff, líderes partidários acusam a oposição de criar um ambiente de instabilidade e dizem que o momento é de responsabilidade com o País. “Não podemos incentivar o golpe”, disse o líder do PP na Câmara dos Deputados, Eduardo da Fonte (PE). Vislumbrando um cenário econômico pior nos próximos meses, os líderes falam em “união” e pregam uma atuação conjunta. “É mais que um pacto, tem de ter um trabalho (de articulação) coordenado”, defendeu o presidente do PSD, Guilherme Campos. Os líderes PP, PR e PSD condenaram a aproximação entre peemedebistas e tucanos em um possível governo comandado pelo vice-presidente Michel Temer. Ao contrário do que afirmam alguns caciques do PMDB, os líderes dizem que Temer demonstra estar confortável na articulação política e que é preciso união para superar o período de crise de credibilidade do governo. “Não podemos colocar mais dúvida na governabilidade, não podemos querer desestabilizar o Brasil. Temos de ter responsabilidade com nossas atitudes. Não podemos jogar no quanto pior melhor”, destacou Fonte. Sobre a possibilidade de a crise gerar um pedido de impeachment, os líderes dizem que o quadro do momento não legitima um possível afastamento da presidente Dilma Rousseff. “Somos contrários ao impeachment. Eleição se dá a cada quatro anos”, disse o líder do PR na Câmara, Maurício Quintella Lessa (AL). “Temos uma posição legalista. Quem disputou e ganhou (a eleição) tem um mandato a cumprir”, concordou Campos. Na avaliação dos líderes, é preciso aguardar os desdobramentos dos processos que tramitam contra o governo Dilma em outras esferas (como a análise das pedaladas fiscais em curso no Tribunal de Contas da União e da ação por abuso de poder econômico e político no Tribunal Superior Eleitoral) para só depois reavaliar o apoio ao Palácio do Planalto. “Hoje não tem fato concreto (pelo impeachment), mas se o fato surgir, aí é outro quadro”, afirmou Quintella.
Estadão Conteúdo

Gleisi acusa tucanos de ‘golpe’ e Aloysio Nunes reage

Senadora Gleisi Holffmann (PT-PR)
Os senadores Gleisi Holffmann (PT-PR) e Aloysio Nunes (PSDB-SP) bateram boca nesta segunda-feira, 6, no plenário do Senado. Após a petista dizer que o PSDB planejava um “golpe” contra a presidente Dilma Rousseff, o tucano pediu um aparte e disse que não iria admitir ser chamado de “golpista”. Durante o seu discurso na tribuna do Senado, a ex-ministra da Casa Civil se disse “assustada” com o tom adotado pelas principais lideranças do PSDB na convenção do partido realizada no domingo, 5. A petista acusou o PSDB de promover um “terceiro turno” da eleição e de planejar um “golpe” para tirar a presidente do poder. “Um partido não pode se prestar a esse papel. Nós temos de parar com essa balbúrdia. Golpe não podemos aceitar. Golpe não serve à nossa democracia”, afirmou. Gleisi criticou a ação que o PSDB move no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para cassar o mandato da presidente Dilma Rousseff. Ela defendeu que não há fatos concretos contra a campanha de Dilma e que as doações feitas à petista pelas empreiteiras investigadas na Operação Lava Jato são tão legítimas quanto as recebidas pelo PSDB das mesmas empresas. Em outra frente, ela afirmou que as chamadas “pedaladas fiscais” condenadas pelo Tribunal das Contas da União (TCU) também foram praticadas pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e, portanto, não seriam um motivo para levar ao impeachment de Dilma. “É legítima a crítica, é legítimo o debate, o que não é legítimo é o golpe. O golpe não é legítimo. Dizer que tem de afastar uma presidente da República sem mostrar o motivo. Qual é o motivo?”, questionou. Ao ouvir o pronunciamento de Gleisi, Aloysio pediu um aparte e disse que os argumentos da petista eram uma “barbaridade” e que ele não aceitava ser chamado de golpista. “Estou aqui fervendo, ouvindo essas barbaridades”, disse. “Isso é um insulto a um partido político brasileiro cujas credenciais democráticas não podem ser contestadas pelo Partido dos Trabalhados”, afirmou. Gleisi, então, rebateu e disse que não o havia chamado de “golpista”, mas que, pelo visto, a “carapuça havia servido”. Mais tarde, na tribuna, Aloysio voltou ao assunto e disse que não deseja o fim do governo Dilma, mas que o PSDB estaria preparado para “cumprir o seu papel” caso essa fosse a decisão do TSE. “Eu não desejo o fim do governo da presidente Dilma. Eu quero ganhar no voto em 2018, mas se a Justiça trabalhar, cumprir o seu papel, e decidir no sentido de interromper o mandato, estaremos em condição de fazer uma transição tranquila e assumir as rédeas governo”, afirmou o tucano. Presente no plenário, o vice-presidente do PMDB, senador Valdir Raupp (RR), também saiu em defesa da presidente e afirmou que há “uma campanha deliberada” contra Dilma e o vice-presidente Michel Temer, que é do PMDB, inclusive de “setores do TCU”. “Não há nada concreto contra a presidente. Até o momento o que está se fazendo é uma campanha deliberada para derrubar a presidente, inclusive de setores do Tribunal de Contas da União”, disse. Tanto Gleisi quanto Raupp estão sendo investigados pelos desvios na Petrobras apurados no âmbito da Operação Lava Jato.
Estadão Conteúdo

Rui autoriza R$ 525 milhões para obras de saneamento e pavimentação em dez cidades baianas


O governador Rui Costa assina autorização para o início das obras de saneamento e pavimentação em dez cidades baianas durante cerimônia com o ministro das Cidades, Gilberto Kassab, na tarde desta segunda-feira (6), no Centro Administrativo da Bahia (CAB). As ações, realizadas pelos governos estadual e federal em parceria com os municípios contemplados pelo projeto, vão beneficiar 490 mil pessoas. O ato, realizado no auditório da Secretaria de Infraestrutura do Estado (Seinfra), tem a participação dos prefeitos das cidades beneficiadas, entre elas a capital baiana. Camaçari, Dias D?Ávila, Irecê, Remanso, Riacho de Santana, Santo Amaro, Capim Grosso e Bom Jesus da Lapa. A capital baiana contará com um montante de R$ 67 milhões destinados ao rio Trobogy, onde serão executadas obras de retificação de dragagem no rio, que receberá aumento de seção e construção de reservatórios de retenção, com a função de conter águas pluviais e reduz o risco de enchentes e inundações. Com a intervenção, mais de 26 mil pessoas serão beneficiadas. Já em Camaçari, as obras de ampliação do Sistema de Abastecimento de Água Machadinho Sul beneficiarão 100 mil pessoas. Serão realizados, ainda, outros serviços no município, como a construção de cinco novos poços, 3,4 km de adutoras de água bruta, duas caixas de reunião, ampliação da estação simplificada de tratamento de água, da estação elevatória, adutora e implantação de centro de reservação, bem como 31,3 km de rede de distribuição e 3.800 ligações prediais. Na cidade de Dias D?Ávila, as intervenções de R$ 105 milhões para saneamento integrado na bacia dos rios Imbassaí e Jacumirim, beneficiarão 50.860 pessoas. Está prevista, ainda, a construção de 200 unidades habitacionais pelo programa Minha Casa, Minha Vida, e regularização fundiária de 3.691 famílias. O município de Irecê, Centro Norte da Bahia, terá obras orçadas em R$ 74,6 milhões de esgotamento sanitário, que beneficiarão 122.076 pessoas. As obras de saneamento em Teixeira de Freitas, orçadas em R$ 191,9 milhões, na bacia do rio Itanhém, atingirão 84.608 pessoas. Pelo projeto, serão executadas obras de saneamento integrado na bacia do rio Itanhém.
Calendário de pagamento do abono salarial do PIS/Pasep em 2015/2016


O primeiro lote de pagamento do abono salarial do PIS/PASEP do exercício 2015/2016 será pago em 22 de julho, informou nessa sexta-feira (03.07) o Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat).
As liberações seguem até 17 de março de 2016, são realizadas de acordo com a data de nascimento do trabalhador e o recurso fica disponível para saque até 30 de junho de 2016.
O benefício, de um salário mínimo (hoje R$ 788), é pago a quem recebeu em média até dois salários mínimos mensais no ano anterior com carteira assinada.
PIS – Pago pelas agências da Caixa Econômica Federal
Nascidos em Recebem a partir de Recebem até
Julho 22/07/20 30/06/2016
Agosto 20/08/2015 30/06/2016
Setembro 17/09/2015 30/06/2016
Outubro 15/10/2015 30/06/2016
Novembro 19/11/2015 30/06/2016
Dezembro 17/12/2015 30/06/2016
Janeiro 14/01/2016 30/06/2016
Fevereiro 14/01/2015 30/06/2016
Março 16/02/2016 30/06/2016
Abril 16/02/2016 30/06/2016
Maio 17/03/2016 30/06/2016
Junho 17/03/2016 30/06/2016

PASEP – Pago pelas agências do Banco do Brasil
Final da inscrição Recebem a partir de Recebem até
0 22/07/2015 30/06/2016
1 20/08/2015 30/06/2016
2 17/09/2015 30/06/2016
3 15/10/2015 30/06/2016
4 19/11/2015 30/06/2016
5 14/01/2016 30/06/2016
6 e 7 16/02/2016 30/06/2016
8 e 9 17/03/206 30/06/2016

É preciso estar cadastrado no Programa de Integração Social (PIS) ou no Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PASEP).
De acordo com o Ministério do Trabalho, o abono salarial será pago a 23,4 milhões de trabalhadores num total de R$ 17,1 bilhões. O PIS é pago nas agências da Caixa Econômica Federal e o PASEP, nas do Banco do Brasil.
Os inscritos devem apresentar um documento de identificação e o número de inscrição no PIS ou PASEP. Confira abaixo o calendário.

Agência Brasil
Capotamento deixa três feridos na zona rural de Conquista

 Anderson-Pereira-Blog-Transitar-1

Um violento acidente deixou três jovens feridos no início da manhã do último domingo (5) na Zona Rural de Vitória da Conquista. O veículo capotou várias vezes em uma estrada vicinal próximo ao Distrito de Iguá.
Os rapazes retornavam de uma festa, quando o condutor teria perdido o controle do carro. O SENTRA saiu da estrada de terra, capotou e foi parar dentro do pasto. De acordo com as testemunhas todos os ocupantes teriam se ferido. Eles foram socorridos pelo SAMU 192 e encaminhados a um hospital da cidade. Blog da Resenha Geral

Caraíbas: Duas pessoas morrem em acidente

No distrito de Vila Mariana, em Caraíbas, Sudoeste Baiano, duas pessoas morreram e outras duas ficaram feridas em acidente na manhã desta segunda-feira (6). A Polícia Rodoviária Estadual ainda não informou as causas do acidente. Um carro saiu da estrada e caiu no matagal. Os feridos foram trazidos para o Hospital Geral de Vitória da Conquista e os corpos ao Instituto Médico Legal.
Carta do Rio Vermelho destaca nova força política petista

Deputados Zé raimundo e Waldenor

O  grupo político que produziu o manifesto  "Mudar o PT para Continuar Mudando o Brasil", que tem na Bahia o apoio dos deputados  Waldenor Pereira(federal)  e Zé Raimundo (estadual),  conseguiu, no 5° Congresso Nacional do PT, a aprovação de resolução que considera de grande importância em relação à politica econômica do governo Dilma: "Conduzir a orientação geral da política econômica para a implementação de estratégias para retomada do crescimento, para a defesa do emprego, do salário e dos demais direitos dos trabalhadores que permita a ampliação das políticas sociais".
Em “Carta do Rio Vermelho”, título do documento aprovado pelo coletivo   no encerramento do congresso, no dia 13/06, no bairro do Rio Vermelho, em Salvador, destaca-se também outro ponto conquistado pelo grupo na resolução final do encontro, como uma das bandeiras oficiais que o PT se propõe a defender junto ao governo: “Que o equilíbrio das contas públicas seja pago pelos que mais lucram e têm mais renda”.
Os integrantes avaliam como extremamente positiva a sua atuação política, sobretudo por se tratar de um grupo ainda recente na legenda petista, que resultou em inegável demonstração de força, traduzida na composição com  35 dos 63 deputados federais petistas e que conta com a simpatia pública de senadores, tem com o apoio da intelectualidade de esquerda, das principais lideranças dos movimentos sociais - a exemplo dos sindicalistas petistas da CUT - e de militâncias cristãs populares.


 “Manifestou-se neste 5° Congresso do PT uma força política petista nova e poderosa que, temos certeza, tem o apoio da imensa maioria dos militantes e filiados que aspiram mudanças profundas no PT”, ressalta a carta que contabiliza outro saldo positivo:   contou em várias votações com mais de 40% dos delegados e delegadas, chegando a obter 45% dos votos.
Esta força política poderosa de renovação apenas começou o seu trabalho, como assinala o documento, e deve ir ao encontro das centenas de milhares de petistas que esperam a palavra nova da mudança. “Está começando a nascer o movimento político "Mudar o PT para Continuar Mudando o Brasil". É este movimento que pode renovar as forças políticas em defesa do governo Dilma e permitirá derrotar mais uma vez os neoliberais e conservadores”, define.

Aécio sinaliza que vai trabalhar para pôr fim a governo Dilma

Foto: Andre Dusek_Estadao


Aécio Neves durante convenção do PSDB na qual foi reeleito presidente do partido
Após ser reconduzido à presidência nacional do PSDB neste domingo, 5, o senador Aécio Neves (MG) fez um discurso inflamado sinalizando que o partido vai trabalhar para pôr fim ao governo da presidente Dilma Rousseff. Sem falar a palavra impeachment, Aécio afirmou que a oposição “não esmoreceu” e que o PSDB pretende dar uma resposta “responsável e corajosa” à sociedade. Em sua fala, o tucano acusou o PT de montar um “modos operandi” no qual “vale tudo” para continuar no poder, e que isso colocava sob suspeita os recursos recebidos pela campanha que elegeu Dilma e o vice-presidente, Michel Temer, no ano passado. “Os sucessivos escândalos que aí estão consolidam a ideia de que se instalou no Brasil um modos operandi organizado e sistematizado em que vale tudo para se manter no poder, e que agora coloca sob gravíssima suspeição a campanha que elegeu a atual presidente da República e seu vice”, disse. Em diversas oportunidades, Aécio sugeriu que Dilma deixaria o governo antes de 2018, quando estão previstas as novas eleições presidenciais. “Ao final do seu governo, que eu não sei quando ocorrerá, talvez mais breve do que alguns imaginam, os brasileiros terão ficado mais pobres”, afirmou.

Baianos marcam presença em convenção do PSDB em Brasília


Gualberto, Adolfo, Imbassahy, Augusto, Prisco, Jutahy e Anfrisio
Toda a bancada tucana na Bahia desembarcou, neste domingo (5), em Brasília, para participar da XII Convenção Nacional do partido realizada no Hotel Royal Tulip, onde o senador Aécio Neves foi reconduzido à presidência nacional do PSDB. O mineiro recebeu 99,34% dos votos para cumprir mais um mandato de dois anos. “É outro ciclo que se inicia com as ‘energias’ renovadas para dar continuidade ao trabalho que vem sendo feito a favor do Brasil. São 13 anos de governo do PT e, nesse longo período, nenhuma conquista significativa para os brasileiros. O nosso partido está preparado, fortalecido e unificado para combater a corrupção, a incompetência, as mentiras, a crise econômica e política que o PT estabeleceu”, afirmou o deputado federal João Gualberto, presidente estadual do PSDB na Bahia, logo após a reeleicão de Aécio. Durante a convenção, também foi definida a composição da nova Executiva Nacional da legenda. Da Bahia, assumem os deputados federais Antonio Imbassahy (1° secretário) e Jutahy Magalhães Jr. (vogal) e a presidente do Tucanafro no Estado, Luislinda Valois (suplente). Também compareceram no evento os deputados estaduais Augusto Castro, Adolfo Viana e Soldado Marco Prisco, o vereador Paulo Câmara (presidente do PSDB em Salvador) e ainda os presidentes Geisy Fiedra (PSDB Mulher-BA) e Victor Quilici (JPSDB-BA).

Mudança na exploração do pré-sal movimentará o Senado nesta semana

Foto: Divulgação

O projeto do senador José Serra (PSDB-SP) que trata de mudanças na participação da Petrobras no modelo de exploração do pré-sal deve provocar debates acalorados no plenário do Senado nesta semana. A matéria está pautada em regime de urgência, mas não há acordo para que ela seja votada.O senador Walter Pinheiro (PT-BA) propôs um requerimento para a criação de uma comissão especial para discutir o assunto. O documento propõe que o projeto seja debatido durante três meses na comissão, quando os senadores terão condições de apresentar emendas e modificar o texto se desejarem.O requerimento deverá ser protocolado na Mesa Diretora na próxima semana com a assinatura dos líderes dos partidos mais numerosos, como o do governo, Delcídio Amaral (PT-MS), do PMDB, Eunício Oliveira (CE), e do PSB, Lídice da Mata (BA).“Nós vamos criar todo tipo de obstáculo para impedir que isso [a aprovação dos projetos] aconteça. Nós poderíamos até discutir uma alternativa, se tivéssemos mais tempo para discutir o assunto”, disse o líder do PT, Humberto Costa (PE).
Agência Brasil
Meio Ambiente: CCJ aprova proibição de sacolas plásticas nos supermercados da Bahia

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) aprovou na última semana o projeto que proíbe o uso de sacos e sacolas plásticas em supermercados. O projeto, de autoria do deputado estadual Marcell Moraes (PV), prevê a substituição do plástico por materiais biodegradáveis e, agora, depende da aprovação no plenário da AL-BA para entrar em vigor. “Os animais morrem sufocados ao ingerir embalagens plásticas ao confundi-las com alimento. Os plásticos contaminam os rios e mares, criando zonas mortas nos mares, matando animais, provocando enchentes e finalmente o efeito estufa”, justificou o deputado. Segundo ele, o material orgânico contido nas sacolas comuns quando usadas para lixo não tem oxigênio e as bactérias anaeróbicas formam metano, “que é 21 vezes mais prejudicial ao meio ambiente do que o CO2, que é desprendido quando se usa a sacola oxibiodegradável”. A substituição determinada pela lei será progressiva, em até cinco anos: 20% no primeiro ano, 40% no segundo ano, 60% no terceiro ano, 80% no quarto ano e atinge a totalidade no quinto ano. A legislação se estende a todos os comerciantes que utilizam sacos e sacolas plásticas para embalar seus produtos vendidos.

domingo, 5 de julho de 2015

Serra defende parlamentarismo em convenção do PSDB

Diante do enfraquecimento do governo da presidente Dilma Rousseff, o senador José Serra (PSDB-SP) defendeu neste domingo (5), durante a convenção nacional do PSDB, que o partido adote a bandeira do "parlamentarismo".

Segundo o senador, essa é a melhor forma de governo, porque permite a troca, "sem traumas", do primeiro-ministro, diferentemente do que acontece hoje no presidencialismo. A ideia vem sendo defendida pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). "No parlamentarismo, quando o governo vai mal, ele é trocado, sem traumas", afirmou Serra.

Em seu discurso, o tucano afirmou que o País atravessa a pior crise que ele já vivenciou e defendeu que cabe às "forças democráticas oferecer alternativas" para que o Brasil saia dessa situação. "E não vai ser fácil, porque o estrago feito pela era PT foi gigantíssimo", disse.

O tucano comparou o governo da petista com a do presidente João Goulart, destituído do cargo pelos militares. "Infelizmente não é só uma crise econômica, é uma crise política, de valores. Esse é o mais fraco governo que eu tenho memória em toda a minha vida. O de Jango, em 1964, era de uma solidez granítica se comparado com o de Dilma", afirmou.

Estadão Conteúdo De Brasília

Governador Rui manda apurar agressão a jornalista

Rui determina apuração de agressão a jornalista

Foto: Divulgação

No episódio, jornalista sofreu corte na cabeça supostamente feito por um golpe com pedra
O governador Rui Costa, por meio de seu perfil no Facebook, se posicionou sobre a denúncia feita pelo jornalista Marivaldo Filho neste domingo (5). Ele denunciou ter sido agredido por um policial militar depois que filmou a agressão que dois outros PMs faziam contra um rapaz que se envolvera numa briga numa festa em que estava. “Determinei ao secretário de Segurança, Maurício Barbosa, e ao comandante da PM, coronel Anselmo Brandão, a apuração rigorosa dos acontecimentos noticiados em que o jornalista Marivaldo Filho afirma ter sofrido violência por policiais militares”, disse Rui. Na publicação, Rui também destacou que o governo “atuará sempre para assegurar que a democracia seja vivida de forma plena, garantindo a liberdade de imprensa, a liberdade de expressão, o direito de o jornalista exercer sua profissão mediante qualquer situação. Não permitiremos em nosso estado intimidações, constrangimento e nenhum tipo de violência contra o profissional ou contra o cidadão que denuncie ato ilícito”.
Governador entrega sistema de água em Vila do Café - Encruzilhada

O governador Rui Costa foi a Vila do Café, distrito de Encruzilhada, nesse sábado pela manhã, para inaugurar o sistema de abastecimento de água que está beneficiando mais de 10 mil pessoas. Os deputados Waldenor Pereira e Zé Raimundo participaram da inauguração dessa obra, que foi pauta de reivindicação dos dois deputados junto ao governo estadual, a pedido do prefeito Dr. Alcides e demais lideranças de Encruzilhada.

Antes de subir ao palco montado na cobertura da feira, o governador, os deputados, o prefeito e toda a comitiva visitaram a estação de tratamento de água de Vila do Café.


O deputado Waldenor Pereira aproveitou a presença do governador para solicitar que seja autorizado o início de importantes obras para o município, além do tão esperado asfaltamento da BA 623, que liga a sede aos distritos de Vila do Café e Vila Bahia. “Já destinamos para Encruzilhada R$ 1,5 milhão em recursos para pavimentação da sede e dos distritos de Vila Bahia e Vila do Café; recursos para a Saúde; entregamos dois tratores e, em breve, mais dois, para o fortalecimento da Agricultura Familiar; estamos com uma emenda parlamentar para a compra de um caminhão para a associação do Cedro; mais R$ 150 mil para abertura e limpeza de aguadas na região da caatinga e R$ 120 mil para atividades ligadas ao esporte”.

O deputado Zé Raimundo lembrou toda sua história política com os companheiros de Encruzilhada, lembrando as conquistas já alcançadas.  “Quero agradecer por todo apoio que o povo de Vila do Café e de Encruzilhada, me elegendo deputado estadual, para trabalhar por todo o município e pela Bahia. E o apoio dado ao nosso governador, que hoje está entregando esse sistema de água, mostrando que vocês fizeram as escolhas certas, e o resultado está aqui”.
O secretário de Recursos Hídricos, Cássio Peixoto, falou da importância da água para o ser humano. “Não estamos apenas entregando uma obra. Estamos trazendo água potável de qualidade. Cada projeto que mexe com água, mexe com esperança. Água é vida, e quem tem sede, tem pressa. E o nosso governador tem pressa em colocar água em cada casa de vocês”.


O prefeito Dr. Alcides falou de todas as ações e obras que o seu governo fez, em apenas alguns meses de trabalho, garantindo as promessas de sua campanha. “Eu encontrei esse município no escuro, apenas com uma ambulância. Compramos, com recursos próprios, 10 veículos para a saúde. Não há salários atrasados, nem falta de merenda escolar, como era costume”, lembrou Dr. Alcides. Também falou do seu orgulho de fazer parte do mesmo partido de homens como Rui Costa e Lula, e agradeceu a visita do governador, lembrando que não é ano eleitoral. Além disso, fez novas reivindicações para Encruzilhada, dentre as quais a principal foi o asfalto Vila do Café – sede.
O governador, que também fez uma visita ao Colégio Estadual do Campo Nancy de Castro Esteves, deixou claro em seu discurso a importância que dá à educação e à família. “Se um país ou um estado quer ter futuro, precisa fortalecer dois pilares fundamentais de qualquer sociedade: família e educação. Com os dois, é possível construir uma sociedade desenvolvida e de paz”.  Também respondeu às diversas reivindicações, de forma positiva, como as solicitações para instalação de telefonia celular, de posto de segurança, água na Tapera e o asfalto da BA 623.
Também estavam presentes no evento o chefe de gabinete da secretaria da Educação, Wilton Cunha, o secretário Geraldo Reis, o diretor da Direc 20, Ricardo Costa, a vice-prefeita Ritinha, os vereadores Serginho, Vera, Karine, Fernandão, Tonho Bago de Jaca, Wiltinho e Nildinho. Autoridades e lideranças de outros municípios foram prestigiar o governador: Pacífico Luz, Joaquim Garcia e Reubinha, de Ribeirão do Largo; o prefeito Clóves Andrade e o vereador Flávio, de Planalto; Izaltiene e Charles, da Barra do Choça.

Aécio fica no comando tucano com 2018 incerto

Foto: Marcos De Paula / Estadão

Aécio fala à imprensa após derrota em 2014
Oito meses depois de receber 51.041.010 no 2.º turno da eleição presidencial do ano passado e sair consagrado como o tucano que teve o melhor desempenho eleitoral desde a eleição de Fernando Henrique Cardoso para o Palácio do Planalto, o senador Aécio Neves (MG), de 55 anos, será reconduzido hoje a mais um mandato à frente do PSDB com o desafio de se manter como principal líder da oposição ao governo Dilma Rousseff num País cada vez mais insatisfeito com a gestão da presidente. No entanto, ao contrário do que ocorreu em 2013, quando assumiu pela primeira vez o comando do partido já em clima de pré-campanha presidencial, Aécio não é mais um nome de consenso para a disputa de 2018. Os ritual preparado pelo cerimonial tucano para a convenção nacional do partido, que será realizado em um hotel de Brasília, deixa isso claro. Conforme o combinado, o senador mineiro e o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, chegarão juntos ao evento. Os dois subirão ao palco ladeados pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e farão discursos pregando a unidade partidária. “A nossa unidade é o principal combustível para vencer as eleições. O candidato do PSDB a presidente surgirá no momento certo, que não é agora, e será aquele que tiver as melhores condições”, diz Aécio. Leia mais no Estadão.
Pedro Venceslau, O Estado de S. Paulo

Corrupção turbina indústria bilionária de lavagem de dinheiro no País

Foto: Divulgação

Crimes contra a administração pública direcionam mais recursos sujos
O volume de recursos públicos desviados no País fez surgir uma sofisticada indústria de lavagem de dinheiro a serviço de políticos, empresários e servidores públicos. A lavanderia brasileira tem hoje estrutura profissional, com métodos cada vez mais difíceis de serem descobertos. Na avaliação de investigadores, os crimes contra a administração pública direcionam mais recursos sujos para a lavagem que o tráfico de drogas – que tradicionalmente movimenta somas expressivas e sempre desafiou as autoridades de combate a ilícitos. Só nos inquéritos em curso a Polícia Federal apura, atualmente, desvios de R$ 43 bilhões dos cofres da União. Desse total, R$ 19 bilhões se referem às perdas da Petrobrás investigadas na Operação Lava Jato.
Andreza Matais e Fábio Fabrini, O Estado de S. Paulo

Governo Federal autoriza investimentos em cidades bahianas

Ministério das Cidades autoriza R$ 525 milhões para obras na Bahia

Nesta segunda-feira (6), o ministro das Cidades, Gilberto Kassab, estará em Salvador, onde autorizará obras de saneamento e pavimentação em dez municípios da Bahia, incluindo a capital. A solenidade de assinatura dos documentos acontecerá no auditório da Secretaria de Infraestrutura do Estado (Seinfra), no Centro Administrativo, às 15h, com a presença do governador Rui Costa e de prefeitos das cidades contempladas. Os investimentos somam R$ 525 milhões, em parceria com o governo estadual e prefeituras, e beneficiarão cerca de 490 mil pessoas. As obras de saneamento irão atender aos municípios de Camaçari, Dias D’Ávila, Irecê, Teixeira de Freitas e Salvador. Já as intervenções de pavimentação autorizadas serão para as cidades de Remanso, Riacho de Santana, Santo Amaro, Capim Grosso e Bom Jesus da Lapa.

Papa Francisco começa viagem na América Latina neste domingo

Papa Francisco começa viagem na América Latina neste domingo
Foto: Agência Brasil
O papa Francisco inicia neste domingo uma viagem de nove dias por três países da América Latina: Equador, Bolívia e o Paraguai. Segundo informações da Agência Brasil, será a viagem mais longa desde que o pontífice foi eleito, em março de 2013. Até o próximo dia 13, ele fará 22 discursos e embarcará sete vezes em um avião para percorrer 24 mil quilômetros. O papa vai abordar temas como participação da Igreja Católica no debate democrático, o respeito pela identidade cultural de cada país, a proteção do ambiente e das famílias, informou o secretário de Estado do Vaticano, cardeal Pietro Parolin. Jorge Bergoglio visitará Quito e Guayaquil, no Equador; La Paz e Santa Cruz, na Bolívia; Assunção e Caacupé; no Paraguai. Sem parte do pulmão, o argentino vai mastigar folhas de coca para não ser acometido com o "mal das montanhas", quando estiver em La Paz, a 3.700 metros de altitude. Cinco missas ao ar livre serão celebradas pelo papa e a expectativa é de que compareçam, em cada uma, entre 1 e 2 milhões de pessoas. Serão usadas línguas indígenas, como guarani, quechya e amaira para fazer as orações e cânticos. A missa final será em Nu Guazu, em Assunção, onde são aguardadas mais de 1 milhão de fiéis da Argentina, do Uruguai e do Brasil.
Belo Campo: Colisão entre moto e caminhonete deixa vítima fatal na BA-263


Um acidente gravíssimo ocorreu na noite deste sábado, 04, na BA-263 entre a cidade de Belo Campo ao entrocamento da BR-116, quando houve um choque violento entre um veículo F4000  e uma moto, deixando uma vítima fatal.


O impacto foi tão violento que a caminhonete soltou uma das rodas e foi parar fora da pista, e a moto em perda total.

A vítima era Antônio Alves dos Santos de 34 anos é morador do povoado de Carlos Muller, município de Tremedal.

sábado, 4 de julho de 2015

Encruzilhada: Governo do Estado entrega Estação de Tratamento de Água que beneficia 920 famílias

Fotos: Manu Dias | GOVBA
Fotos: Manu Dias | GOVBA
Com capacidade para tratar 42 mil litros de água por hora, a Estação de Tratamento de Água (ETA) do distrito de Vila do Café, pertencente ao município de Encruzilhada, Sudoeste Baiano, entrou em operação. A obra, que teve investimentos de R$ 2,4 milhões, foi executada pela Companhia de Engenharia Hídrica e Saneamento da Bahia (Cerb), órgão vinculado à Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (SIHS).

19405304952_476dd11843_z

A ETA foi inaugurada em evento, neste sábado (4), com a participação do governador Rui Costa, do titular da SIHS, Cássio Peixoto, e do secretário de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, Geraldo Reis, entre outras autoridades. Na oportunidade, o governador destacou que investir em tratamento de água significa proporcionar uma vida mais saudável à população.

18789023054_729eb8e025_z

“Temos outros investimentos em andamento aqui [em Encruzilhada], com recursos do governo federal da ordem de R$ 5 milhões, que vão atender [com água] outras comunidades. Os investimentos continuam na região, inclusive em Vitória da Conquista, com a [reestruturação da] Barragem [Rio] Catolé, que vai resolver completamente o abastecimento de água na região”, destacou o governafor.

19223988928_0bd80868e3_z

Aproximadamente 10,8 mil pessoas vivem em Vila do Café. No momento, 900 domicílios são atendidos pela rede de distribuição de água. As 20 casas que foram construídas após a conclusão da Estação de Tratamento de Água serão contempladas nos próximos dias. Os deputados petistas Waldenor Pereira (Ferderal) E Zé Raimundo Fontes (Estadual), principais articuladores deste projeto, ao lado do prefeito Alcides Pereira Ferraz (PT) acompanharam participaram do ato.